nsc
an

Saúde

Joinville tem quatro bairros com mais de 100 casos ativos de coronavírus

Cidade tem 2.270 pessoas ainda infectadas, segundo dados do Estado

04/12/2020 - 08h47 - Atualizada em: 04/12/2020 - 19h52

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Joinville também já tem mais de 400 mortes por coronavírus
Joinville também já tem mais de 400 mortes por coronavírus
(Foto: )

​Joinville tem 2.270 casos ativos de Covid-19 e quatro bairros com mais de 100 pessoas ainda infectadas com coronavírus, de acordo com os dados divulgados pelo governo do Estado. A maior cidade de Santa Catarina já registrou 32.458 pessoas diagnosticadas com o vírus desde o início da pandemia, além de 401 mortes pela doença.

> Decreto do toque de recolher em SC passa a valer na noite deste sábado; entenda

A cidade chegou a ter menos de 400 casos ativos em outubro e agora já é a segunda com mais pacientes ainda infectados em todo o Estado. Apenas Florianópolis, com 2.626, aparece na frente de Joinville.

O Costa e Silva lidera a lista com 170 casos ativos, seguido por Aventureiro (165), Iririú (133) e Floresta (113). Por outro lado, de todos os bairros de Joinville, apenas Zona Industrial Tupy não tem nenhum caso de coronavírus ativo. Em 33 casos, os pacientes não informaram corretamente o nome do bairro.

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

A zona Sul é a região com mais pessoas infectadas, com 650, o que representa 28,6% de todos os casos ativos da cidade. Em seguida, aparecem as zonas Leste (573) e Norte (512). A região com menos joinvilenses com coronavírus ativo é a zona Oeste, com 188.

As mulheres são a maioria entre os pacientes infectados, com 1.142 casos. Já os homens representam 1.128 ocorrências. Em relação à idade, o caso ativo mais jovem é de uma criança com menos de um ano, enquanto o mais idoso tem 100 anos.

> Joinville permite música ao vivo e acesso a supermercados voltará a ter limitação

Veja os números de casos ativos em Joinville:

Clique nas setas abaixo para ver os dados de cada região.

> Com baixa procura, contratação emergencial de médicos em Joinville é prorrogada

Colunistas