nsc
hora_de_sc

Roubo ou fuga?

Boi de estimação, Pirilampo é roubado em Florianópolis e dona pede ajuda para encontrá-lo

Animal estava em área de pasto no Campeche e desapareceu

18/06/2022 - 14h16 - Atualizada em: 18/06/2022 - 14h41

Compartilhe

Paulo
Por Paulo Batistella
Moradora pegou animal para criação no segundo dia de vida dele
Moradora pegou animal para criação no segundo dia de vida dele
(Foto: )

Uma moradora de Florianópolis foi à polícia relatar o roubo de um bicho de estimação neste sábado (18), o que não seria algo exatamente incomum não fosse pelo animal de qual se trata: um boi. Ela tenta agora reaver seu Pirilampo do Sertão, que sumiu de uma área de pasto no Campeche, no Sul da ilha, durante a madrugada.

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

A dona do animal, Maria Eduarda Anjos, de 20 anos, diz que chegou a ouvir risadas dos policiais ao registrar um boletim de ocorrência. A situação para ela, no entanto, é séria.

— Ele era um boizinho tão carinhoso, amava carinho e, sempre que me via, já vinha ao meu encontro. Ele tem um valor sentimental enorme para mim — disse ela à reportagem.

A moradora adotou o animal no fim de 2020, quando ele ainda tinha dois dias de vida e era alimentado por mamadeira. Na maior parte do período, ele pastava no quintal da residência dela e tinha, inclusive, permissão para entrar em casa.

Após ela mudar de endereço há cinco meses, no entanto, Pirilampo passou a ficar em uma área de pasto mais distante de sua casa, para onde a moradora ia todos os dias vê-lo e alimentá-lo. Na manhã deste sábado, no entanto, ele já não estava lá.

Maria Eduarda diz acreditar se tratar de furto devido ao fato de que a corda que prendia o animal também sumiu. Ela diz que, se tivesse apenas dado uma escapadinha pelo Sul da ilha, Pirilampo teria ficado preso em algum lugar pela corda ou já teria sido encontrado pelo pai e o namorado, que fazem buscas pelo animal na região.

Além disso, quando ela chegou ao pasto, Pura Folha, o cavalo dela, parecia assustado, o que reforçou a desconfiança da moradora, que diz ser bastante ligada aos animais.

Maria Eduarda se mobiliza também nas redes sociais para tentar achar o boi. No Instagram, ela acumulava fotos e vídeos com o bicho. Agora tem um cartaz de procurado.

— Temos uma aliança muito forte. A intenção nunca foi matar, maltratar. Sempre quis ter só para ter de estimação. E foi a melhor experiência que eu tive.

Leia mais

Operação fecha boate nos Ingleses e multa donos do local em R$ 50 mil

Motociclista morre em acidente em São José; motorista é preso por suspeita de fuga

Sorveteria italiana que bombou em Florianópolis fecha as portas

Colunistas