Brusque, no Vale do Itajaí, vai instalar 40 estações meteorológicas em escolas municipais. Os equipamentos foram apresentados oficialmente nesta quinta-feira (30). Além de um recurso para monitorar as condições climáticas no município, a ideia é que as estações se tornem uma nova ferramenta de ensino.

Continua depois da publicidade

> Acesse para receber as notícias do Santa por WhatsApp

Segundo a secretária de Educação Eliani Aparecida Busnardo Buemo, matérias como Geografia, Ciências e Matemática poderão ser exploradas por meio da ferramenta. A iniciativa faz parte de um projeto pedagógico, e está relacionado a uma meta de inovação tecnológica. Ela conta que a atividade vai envolver todos os alunos da rede municipal, inclusive da educação infantil.

A ferramenta vai permitir aos alunos aprender como é feito o monitoramento dos fenômenos atmosféricos, como a temperatura, umidade do ar, velocidade, direção do vento, pressão atmosférica e índice pluviométrico. 

Como vai funcionar

A Defesa Civil será a responsável por definir os locais que vão receber as estações meteorológicas, baseada em uma análise técnica de critérios como localização e condição. Um pré-mapeamento de locais interessantes para a instação já foi feito, e a previsão da prefeitura é de que a instalação não demore a acontecer.

Continua depois da publicidade

De acordo com o coordenador da Defesa Civil Municipal, Edvilson Cugik, será possível saber quanto choveu em determinado ponto do rio e se a chuva foi bem distribuída. Um outro ganho é os sensores de umidade relativa do ar, com emissão de alerta de temperatura e vento.

A cidade de Brusque possui atualmente 10 estações meteorológicas próprias, e outras 14 de responsabilidade do Governo Federal. A chegada nas novas ferramentas vai gerar um aumento expressivo na estrutura de monitoramento. Segundo Edvilson, com os novos equipamentos praticamente toda a área urbanizada da cidade passará a ser monitorada, o que pode tornar Brusque a cidade com maior cobertura meteorológica no Estado.

As informações das 40 localidades chegarão em tempo real para a Defesa Civil.

* Sob supervisão de Bianca Bertoli

Leia também

Foragido é descoberto ao se envolver em bate-boca com mulher em Brusque

Blumenau contrata treinamento para consolidar Alertablu como sentinela das enchentes

Nova loja da Havan em Blumenau é alvo de ação na Justiça Federal

Catarinense faz pedido emocionante antes de morrer e sensibiliza amigos em velório

Destaques do NSC Total