nsc
santa

Futebol

Depois de 30 anos, Brusque volta a conquistar o título do Catarinense

Brusque e Camboriú ficaram no empate sem gols neste sábado, no Estádio Augusto Bauer

02/04/2022 - 17h24 - Atualizada em: 02/04/2022 - 18h41

Compartilhe

Redação
Por Redação Santa
brusque-camboriu-augusto-bauer-final-catarinense-2022-12
Jogadores do Brusque erguem a taça de campeão do Estado
(Foto: )

O Brusque é o melhor time do futebol catarinense em 2022. Diante do estádio lotado, o time do Vale conquistou o título neste sábdo, dia 2, ao empatar em 0 a 0 com o Camboriú na segunda partida da decisão do Campeonato Catarinense no Estádio Augusto Bauer, em Brusque. No jogo de ida, no Estádio das Nações, em Balneário Camboriú, as duas equipes haviam empatado em 1 a 1.

> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp

Dono da melhor campanha na fase de classificação, o Brusque tinha a vantagem de dois empates na final para ficar com o título. O quadricolor do Vale do Itajaí volta a erguer a taça do Estadual depois de 30 anos da primeira conquista, em 1992.

A campanha quadricolor no Estadual foi quase perfeita. Foram 17 jogos, nove vitórias, sete empates e uma única derrota. O time marcou 24 gols e sofreu apenas 13. Na primeira fase, o time garantiu a 1ª colocação e a vantagem para o mata-mata, onde eliminou Avaí e Concórdia até chegar à decisão.

O jogo

O Augusto Bauer foi palco de uma grande festa. Todos os ingressos colocados à venda pela diretoria do Brusque foram vendidos, assim como para a torcida visitante. Para atender aqueles que não conseguiram comprar as entradas, a direção do clube montou um espaço com telão fora do estádio, onde torcedores puderam acompanhar a partida.

> Brusque vence duelo regional com Blumenau e garante vaga na elite nacional do vôlei feminino

Com a bola rolando, o jogo foi bem nervoso. Ao todo, o árbitro Ramon Abatti Abel distribuiu seis cartões amarelos e um vermelho. Os donos da casa tiveram o controle do jogo e criaram as principais chances de abrir o placar no 1º tempo, em especial com os atacantes Fernandinho e Alex Sandro. O Camboriú, por sua vez, tentava no contra-ataque e em finalizações de longa distância. Em uma delas, o volante Balotelli exigiu boa defesa do goleiro Ruan Carneiro.

No 2º tempo, o jogo ficou um pouco mais aberto, com as duas equipes criando boas oportunidades de balançar as redes adversárias. Logo aos 2 minutos, Alex Sandro recebeu lançamento e foi à linha de fundo, escapou da marcação e chutou, mesmo sem ângulo, para a defesa do goleiro Gabriel Félix. O Camboriú respondeu aos 9 minutos, com Maicon Assis, que encontrou um belo passe entre os zagueiros para Bruno Mota, que chutou cruzado e arrancou suspiros das duas torcidas.

> Após três meses, SC volta a ter todas as regiões no nível moderado para Covid-19

Dois minutos mais tarde Fernandinho, do Brusque, carregou a bola dentro da área, se livrou do marcador e chutou firme, mas acabou sendo interceptado pela marcação. Aos 24 foi a vez do Camboriú mexer com os nervos das duas torcidas. Em contra-ataque puxado por Léo Campos, o lateral cruzou para Ronny, que tocou para o gol e viu Ruan Carneiro fazer uma grande defesa para evitar que a bola entrasse.

Confira lances do jogo na galeria de imagens a seguir:

Aos 30, Bruno Mota subiu mais alto que todo mundo em cobrança de escanteio e tocou de cabeça na bola, para baixo, como manda o manual, mas errou o alvo e mandou a bola para fora. Dois minutos mais tarde, em falta cobrada de longe, Luiz Antônio acertou uma pancada, mas a bola passou sobre a meta. Aos 39, em boa troca de passes com Alex Sandro, Luiz Antônio ficou na cara do gol, chutou e viu Gabriel Félix fazer uma grande defesa.

Faraco: "Grupo da Seleção Brasileira na Copa não é simples"

Nos minutos finais os dois times se atiraram ao ataque e o nervosismo tomou conta dos jogadores. O árbitro interviu distribuindo cartões, para controlar os ânismos. Em um lance no meio-campo, o atacante Matheus Lagoa, do Camboriú, foi expulso. Aos 49, o juiz soprou o apito e apontou para o meio-campo, decretando o fim de jogo e o título para o Brusque.

Leia também:

> Engenheiro Paulo França morre aos 70 anos vítima de câncer

> Grammy 2022: veja indicados, apresentações e como assistir à premiação

> VÍDEO: maré alta derruba postes e alaga ruas em Bombinhas

Colunistas