nsc
hora_de_sc

Música

Coletivo feminino Cores de Aidê, de Florianópolis, faz primeira turnê internacional

Cidades do México e o Emirado de Dubai recebem o samba-reggae das nove integrantes do grupo

18/10/2021 - 12h52

Compartilhe

Marina
Por Marina Martini Lopes
Cores de Aidê
Essa é a primeira turnê internacional do grupo que nasceu em Florianópolis no Carnaval de 2015
(Foto: )

Até o dia 30 de outubro, a banda Cores de Aidê, coletivo de nove mulheres que reúne dança, percussão, voz e composições, apresenta o show Quem é Essa Mulher em nove cidades do México, no Festival Santa Lucía, em Monterrey; e também em Dubai, na Expo 2020 Dubai: Home - Connecting Minds, Creating the Future, maior feira internacional de inovação, tecnologia, mobilidade e sustentabilidade. Essa é a primeira turnê internacional do grupo que nasceu em Florianópolis no Carnaval de 2015.

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

Toda a concepção dos shows foi elaborada pelas integrantes (Sarah Massí, Bê Sodré, Nine Martins, Nattana Marques, Carla Luz, Laila Dominique, Fernanda Jerônimo, Cauane Maia e Dandara Manoela) com músicas de seu primeiro álbum, Quem é Essa Mulher - entre elas, Lugar de Mulher, Negra, Vem Com Aidê e Índia. A principal mensagem do espetáculo é a valorização das mulheres na sua diversidade e o reconhecimento da ancestralidade africana por meio do samba-reggae.

Na apresentação da banda não existe instrumento harmônico além das vozes:

- Nossa expectativa é estabelecer uma conexão através da música, da percussão, da ancestralidade afro-brasileira com o público - afirma a doutoranda em antropologia Cauane Maia, vocalista e percussionista. - A ideia é compartilhar o legado percussivo que o Brasil tem com outras partes do mundo.

> As 500 Melhores Músicas de Todos os Tempos: Rolling Stone refaz famosa lista

Foi essa ancestralidade afro, aliada à sonoridade moderna, que encantou os produtores mexicanos do Festival Santa Lucia. Em Dubai, o Cores de Aidê fez três apresentações no Palco Jubilee da EXPO 2020. O convite foi feito pelo Itamaraty com o intuito de mostrar o melhor da cultura musical brasileira para o resto do mundo.

Leia também:

> Gato Galáctico se prepara para lançar Acampamento Intergaláctico, seu primeiro longa-metragem

> Põe na Lista: o jornalismo mais ou menos real retratado em filmes e séries

> Rock in Rio 2022: ingressos, preço, atrações

Colunistas