nsc
dc

IMPREVISTOS

Com 5 mil testes de Covid por dia, Laboratório Central de SC faz apelo para substituir aparelhos estragados

Todas as amostras colhidas pela rede pública são endereçadas ao Lacen, que trabalha com parcerias

16/03/2021 - 17h41 - Atualizada em: 16/03/2021 - 17h48

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
Antes com três, Lacen trabalha com único aparelho de diagnóstico após danos em equipamentos
Antes com três, Lacen trabalha com único aparelho de diagnóstico após danos em equipamentos
(Foto: )

Dois equipamentos essenciais para os diagnósticos de coronavírus estão danificados e em desuso no Laboratório Central de Saúde Pública de Santa Catarina (Lacen-SC), conforme ofício enviado ao governo federal nessa segunda-feira (15). No mesmo dia, mais de 10 mil testes de Covid-19 se acumularam na fila de espera por resultados.

> Clique aqui e receba notícias do NSC Total pelo WhatsApp

Segundo balanço divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) no final da tarde desta terça-feira (16), 6.739 testes estão represados no Lacen, no momento em que o estado passa pela situação mais crítica da pandemia, com hospitais lotados e mortes de pacientes à espera por leitos de UTI. 

 A "situação emergencial" é descrita pelos representantes da Diretoria de Vigilância Epidemiológica e do Laboratório Central, em pedido por equipamentos e "kits" enviado ao Ministério da Saúde: "Entendemos a situação contratual, mas é uma questão humanitária. Precisamos de esforço coletivo neste momento", diz o documento onde também mencionam receber mais de 5 mil amostras diárias para análise.

Apesar do apelo, o governo de Santa Catarina garante que a coleta e o diagnóstico da Covid-19 seguem acontecendo no Estado e que "todos os exames urgentes têm seus resultados liberados em até 24 horas, como já vinha ocorrendo".

> "SC não precisa criar auxílio emergencial porque não há desemprego", diz Paulo Eli

Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) confirmou que "dois equipamentos apresentaram avarias nesta semana, devido ao uso recorrente na pandemia", mas informou que um deles será substituído no máximo até a próxima quinta-feira (18), pela empresa fornecedora. Já o segundo aparelho, ainda segundo a SES, "aguarda uma peça para conserto, que deve ocorrer até o final da semana".

Até lá, o Lacen deve utilizar um terceiro equipamento que "opera normalmente e realiza também o processamento de forma manual", garantiu o Estado. Além disso, parcerias com laboratórios da Grande Florianópolis teriam sido firmados, como apoio. 

Leia mais

Morre catarinense de 59 anos que foi transferido ao Espírito Santo para tratar a Covid

Governo do Estado recorre à Justiça para ter comando sobre decisões de lockdown em SC

SC espera mais 147 mil doses de CoronaVac nesta quarta, maior lote em dois meses de vacinação

Colunistas