nsc
dc

Fluxo acentuado

Com aumento de até 45% no trânsito, rodovias de SC terão operação no feriado de Tiradentes

Polícia Rodoviária Federal terá incremento de agentes em atividade a partir da meia-noite desta quarta

19/04/2022 - 15h03 - Atualizada em: 19/04/2022 - 19h44

Compartilhe

Paulo
Por Paulo Batistella
Tempo limpo deve favorecer fluxo intenso de turistas em direção às praias
Tempo limpo deve favorecer fluxo intenso de turistas em direção às praias
(Foto: )

O feriado prolongado de Tiradentes vai exigir reforço nos trabalhos das autoridades nas rodovias de Santa Catarina. A previsão é de tempo limpo para a maior parte do período, o que deve favorecer o fluxo intenso de turistas em direção às praias, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

> Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

"A BR-101 (rodovia litorânea) e as BRs 282, 470 e 280 (que ligam o Interior ao Litoral) devem registrar o maior aumento de fluxo de veículos", escreveu a PRF em comunicado divulgado nesta terça-feira (19), em que anunciou o início da Operação Tiradentes.

A corporação terá incremento de policiais em atividade a partir da meia-noite desta quarta (20), dia anterior à data comemorativa, e seguirá com esforço especial nas rodovias federais que cortam o Estado até o fim do domingo (24). Nos três anos anteriores, não havia ocorrido operação semelhante, seja devido à pandemia ou ao fato de o feriado ter sido celebrado em um fim de semana.

Na última Operação Tiradentes, em 2018, foram registradas três mortes entre 128 acidentes nas rodovias federais em Santa Catarina. Houve ainda outras 169 pessoas feridas naquele feriado prolongado, segundo a PRF.

O movimento no trecho que vai da Grande Florianópolis a Curitiba, constituído em maior parte pela BR-101 no litoral de Santa Catarina, terá aumento de 45% durante o período do feriado em comparação com dias normais, segundo a Arteris Litoral Sul, concessionária responsável pela via.

> Manhã fria e tarde quente: semana começa com condições típicas de outono em SC

O trecho também incorpora partes da BR-116 e da BR-376 no Paraná. O pico de circulação será no domingo, quando é previsto fluxo médio de 47 veículos em cada uma das cinco praças de pedágio do trajeto — quatro delas estão em solo catarinense. No Estado, o motorista deve estar preparado para lentidão nas áreas de acesso a Joinville, Itajaí, Balneário Camboriú, Itapema e Florianópolis.

A concessionária comunicou que terá cerca de 600 profissonais mobilizados em trabalhos de monitoramento, resgate de veículos e atendimento pré-hospitalar ao longo do trecho a partir de quinta (21) e também nos três dias seguintes.

Já na área de concessão da CCR ViaCosteira a previsão é de aumento de 15% no fluxo de veículos na BR-101 entre Passos de Torres e Palhoça. A expectativa da concessionária é que entre os dias 20 e 24 passem aproximadamente 200 mil veículos na rodovia.

Os picos de tráfego na rodovia

  • Quarta (20) - das 17 às 19 horas
  • Quinta (21) - das 08 às 15 horas
  • Domingo (24) - das 13 às 20 horas

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) não informou até a publicação desta reportagem se também terá reforços em seus trabalhos nas rodovias estaduais. Na última semana, no entanto, ela realizou a Operação Semana Santa, em atenção ao fim de semana estendido de Páscoa, o que a PRF também mobilizou em todo o país.

Na ocasião, Santa Catarina teve seis mortes em acidentes de trânsito nas rodovias, duas delas nas BRs e as demais em trechos estaduais. O número representou um aumento em relação ao ano anterior, quando houve quatro vítimas fatais.

Leia mais

Santa Catarina tem 17 feriados e pontos facultativos em 2022

Detran de SC quer mudar conselho que julga recursos de multas e proposta gera atrito; entenda

Carro capota, bate em muro e cai de altura de 3 metros em Chapecó

Colunistas