nsc
nsc

FInanças

Comece a investir e multiplique seus rendimentos; veja como

Especialista da Warren dá dicas para quem pretende dar os primeiros passos no mundo dos investimentos

16/03/2022 - 16h14

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
Investimentos - Warren - NSC
Independente do valor disponível, o importante é começar a investir.
(Foto: )

Investir é uma questão que está cada vez mais presente na realidade do brasileiro. Se antes o dinheiro ficava quase sempre parado na poupança ou até mesmo guardado embaixo do colchão, agora, a popularização do assunto e a consciência de que há múltiplas formas de se obter rendimentos, tem tornado o mundo dos investimentos uma possibilidade mais próxima para a maioria das pessoas.

O cenário de instabilidade da pandemia mudou os hábitos de consumo da população, provocou perda de renda e alertou para a necessidade de poupar para emergências. Esse cenário fez com que a poupança perdesse adeptos e a população começasse a utilizar outros produtos financeiros.

Segundo dados de 2021 da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA), atualmente 40% dos brasileiros são investidores - e, ao que tudo indica, este número tende a aumentar.

O importante é começar

Nunca é tarde para começar a investir e, diferente do que muitos ainda pensam, não é preciso ter grandes quantias de capital para dar o primeiro passo. Embora possa parecer complexo para a maioria, existem investimentos voltados para iniciantes e muitos deles exigem aplicações a partir de até mesmo R$1.

Aline Belloli da Silva, sócia e especialista da corretora de investimentos Warren, garante que o importante é começar e ter consistência.

— A partir do momento em que as pessoas começam a entender o valor do dinheiro, elas passam a ter mais domínio dos seus ganhos e despesas, tornando o processo de poupar mais racional e tranquilo. Começar pode ser mais fácil do que a maioria das pessoas acredita — afirma Aline.

É importante ter em mente também que mais do que uma forma de aumentar o dinheiro que você já tem, investir também é uma das maneiras mais eficientes de se conquistar objetivos. Isso ajuda a ter disciplina e lembrar que o tempo é mais importante do que a quantia de dinheiro investido. Afinal, é o tempo que será o grande aliado na multiplicação do seu patrimônio.

Respeite seu perfil de investidor

Para investir com consciência, é fundamental logo no início definir seu perfil de investidor, o que pode ser descoberto por meio de um teste chamado de suitability. Ele é uma análise capaz de identificar quais são as suas características e tolerância a riscos, e faz parte do processo de abrir conta em uma corretora de investimentos, por exemplo.

Tudo o que você precisa fazer é responder algumas perguntas, como conhecimento do mercado, período em que você deseja manter os seus investimentos, aportes, idade, situação financeira e objetivos. O perfil do investidor é baseado em três pilares: liquidez, segurança e rentabilidade. Todas essas questões auxiliam a definir quais desses fatores são mais importantes para você.

— O seu perfil do investidor pode mudar, conforme seu momento de vida e suas prioridades, por isso é importante refazê-lo sempre que achar necessário — orienta a especialista.

Na Warren você tem acesso ao perfil do investidor após realizar a abertura da conta.Depois, a plataforma irá sugerir os melhores produtos para seu perfil e para você alcançar seus objetivos.

Planejar é fundamental

Precisamos sempre saber onde estamos agora, onde queremos chegar no futuro e decidir qual a melhor estratégia. Para isso, é necessário muito foco e disciplina. O planejamento financeiro é a ferramenta essencial para começar a investir, e é muito importante que toda família esteja envolvida neste momento.

Planejamento - Investimentos - Warren - NSC
Planejar os investimentos e ter o controle dos gastos e rendimentos é fundamental.
(Foto: )

Aline sugere anotar tudo que é obtido e tudo que é gasto.

— Uma planilha de planejamento financeiro vai ajudar você a organizar seus ganhos, seus custos fixos, variáveis e suas dívidas. Além de acompanhar a evolução do seu patrimônio. Manter o orçamento financeiro sob controle, vai te ajudar a gastar melhor — aconselha a especialista.

Quando resgatar

Objetivos diferentes podem ter prazos diferentes e isso é fundamental para escolher o tipo certo de investimento para cada um e não prejudicar sua qualidade de vida e os seus rendimentos.

— A partir do momento que entendemos quais são os nossos objetivos com o dinheiro, passamos a entender quais serão os esforços necessários para alcançá-los. Com um bom planejamento, você pode colocar em prática a questão financeira, definir o prazo, poupar e fazer investimentos de forma que essa meta se torne mais fácil para ser alcançada — recomenda a especialista em investimentos.

A dica da especialista é sempre começar pela reserva de emergência, que representa tranquilidade financeira mesmo em períodos de recessão e crises.

— Ela irá oferecer segurança e tranquilidade em momentos inesperados, deve estar alocado em ativos com alta liquidez e de baixa volatilidade, para que não haja surpresas Na Warren, uma das opções para alocar a reserva de emergência é a conta remunerada, que rende 100% CDI com custo zero — destaca Aline.

Tão importante quanto a reserva de emergência, é a aposentadoria, ou até mesmo o simples fato de a pessoa diminuir o ritmo de trabalho, e conquistar sua liberdade financeira.

— Em um cenário de aumento da expectativa de vida e de mudanças na estrutura previdenciária do país, precisamos, desde cedo, pensar em formas de viver bem no futuro. Para objetivos de longo prazo, como este, mais risco você poderá tomar, potencializando assim os seus rendimentos. Porém, caso o seu objetivo seja de curto ou médio prazo, o risco dos seus investimentos deve ser menor — aconselha.

É fundamental escolher sempre investimentos que atendam às suas necessidades. E para facilitar esse processo, a Warren montou uma calculadora para que você descubra o valor ideal para aquele primeiro investimento que mencionamos acima: a reserva de emergência. Clique aqui e descubra agora mesmo.

Leia também

NFTs emergem como tendência no mercado financeiro

Como a taxa Selic influencia seus investimentos?

Reserva de emergência: investimentos de renda fixa são alternativos à poupança

Colunistas