As expectativas para o Natal são altas: comerciantes da Grande Florianópolis planejam um crescimento recorde de 5,6% nas vendas neste período do ano em relação ao ano passado, o maior desde 2013. A previsão é do Sindilojas da Grande Florianópolis e Região e da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

— O otimismo vem alicerçado pelo crescimento do varejo, que teve alta mensal de 0,6% em setembro, fechando o terceiro trimestre do ano com uma alta de 1,3%, em relação ao trimestre anterior, o maior avanço para o período desde o terceiro trimestre de 2020 (+8,5%), quando o setor se reerguia das perdas da pandemia —, pontua Marcelo May Philippi, presidente do Sindilojas Grande Florianópolis e Região.

Segundo a CNC, o setor de vestuário, calçados e acessórios deve puxar as vendas para cima, com alta de 12,1% nas vendas natalinas, já descontando a inflação.

Se a expectativa de 5,6% de aumento nas vendas se confirmar, seria o maior avanço desde 2013, quando o crescimento foi de 4,9%.

Continua depois da publicidade

Conforme o presidente do Sindilojas, para o comércio, além da melhoria das condições de preços e da perspectiva de redução das taxas de juros aos consumidores, a valorização do câmbio também melhorou, o que permitiu ampliar as importações.

Comerciantes se preparam para o fim do ano

— Para garantir a consolidação dessa expectativa de vendas, os comerciantes de Florianópolis e região já se prepararam com antecedência, com a contratação de funcionários temporários, treinamento ou capacitação e a elevação dos estoques dos produtos de maior saída —, diz Philippi.

A contratação de temporários, segundo a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina (Fecomércio SC), deve reforçar as equipes de pelo menos 26,8% das empresas catarinenses. A média, segundo pesquisa da entidade, é de quatro vagas temporárias por empresa.

Outra forma de se preparar para o final do ano é a criação de promoções e apostar em cartões presente, além de oferecer produtos e serviços extras no carrinho de compras. Segundo o presidente do Sindilojas, isso pode ser uma forma de aumentar o ticket médio de compras.

Continua depois da publicidade

— Outra aposta é assegurar um serviço de entrega confiável e ágil, além de oferecer mais variedade nos meios de pagamento —, reforça Marcelo May Philippi.

Horário ampliado no comércio de rua

O Sindilojas e a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Florianópolis afirmam que o comércio de rua terá horário especial em dezembro. Entre os dias 4 e 24 de dezembro os horários serão estendidos. De 4 a 15, segunda a sexta-feira, as lojas estarão abertas até às 20h e aos sábados até às 18h. Aos domingos o horário não se altera. Já no dia 17 o comércio abrirá das 16h às 20h.

De 18 a 23 de dezembro as lojas devem ficar abertas até às 22h. No dia 24 o comércio de rua funcionará até às 17h, e ficará fechado no dia 25. De 26 a 30 de dezembro o horário segue normal e no dia 31 as lojas fecham às 17h. Já os shoppings centers podem adequar seu horário conforme a necessidade.

Leia também

Em média 4 vagas temporárias por empresa devem abrir no verão em SC

PIB de SC chega a R$ 428 bilhões e é o sexto maior do país

Eleição de Milei impacta relação de Santa Catarina com a Argentina

Publicidade

Além de muita informação relevante, o NSC Total e os outros veículos líderes de audiência da NSC são uma excelente ferramenta de comunicação para as marcas que querem crescer e conquistar mais clientes. Acompanhe as novidades e saiba como alavancar as suas vendas em Negócios SC

Continua depois da publicidade

Destaques do NSC Total