Cerca de 3,4 milhões de pessoas se inscreveram no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano, previsto para os dias 13 e 20 de novembro. No primeiro domingo, as provas aplicadas serão de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Ciências Humanas e suas Tecnologias. Já no segundo domingo, os candidatos farão as provas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

O psicólogo e orientador pedagógico do curso pré-vestibular COC Floripa, Evandro Schutz, fala sobre a preparação dos alunos para o exame deste ano. De acordo com ele, por conta da pandemia do Covid-19, foi necessário fazer muitas reposições de aulas e conteúdos, já que os alunos estavam estudando em casa.

— A prova do Enem aborda o conteúdo de todo o ensino médio, então 2022 foi um ano presencial pós-pandemia, no qual os estudantes tiveram que investir muito nas matérias do ano e, principalmente, nos conteúdos do anos que ficaram para trás — conta.

Ainda segundo o professor, a preparação para as provas nesta reta final consiste em revisar e pensar estratégias para as provas. As sugestões dele são refazer provas anteriores e simulados.

Continua depois da publicidade

Todas as questões do Enem são pré-testadas por estudantes de escolas públicas. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP), responsável por realizar as provas do Exame, tem um banco nacional de questões, que são enviadas para as escolas. Os alunos resolvem as provas durante o ano e elas são posteriormente classificadas em níveis fácil, médio e difícil.

Data, hora e local de prova: saiba tudo sobre o Enem 2022

De acordo com Schutz, a expectativa é de que o Enem 2022 não seja uma prova inovadora, já que provavelmente o banco de dados do Inep não foi renovado devido à retomada das aulas presenciais pós-pandemia. Ele explica que não houve tempo do Inep organizar o envio das questões para as escolas.

— Os conteúdos que serão inseridos em modelo de prova serão os mesmo dos anos anteriores. As questões usadas serão do banco de dados do Inep e, portanto, a prova será exatamente como os alunos conhecem. A única coisa que pode ser inovadora é o tema da redação — comenta.

O estudante Luiz Dubois, 18 anos, quer cursar medicina e está de olho nas Universidades Federais de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. Ele conta que há uma preocupação com a prova desta edição.

Continua depois da publicidade

— Eu entendo que, por conta da pandemia, a prova do Enem vai ser diferente dos últimos anos. Como foi mostrado na última edição, acho que este ano a prova manterá textos mais curtos e diretos. O grande problema é a falta de regularidade no algoritmo da Teoria de Resposta ao Item (TRI), o que tira a segurança dos alunos — diz.

Especialista de Joinville dá dicas para diminuir a ansiedade antes do Enem 2022

O TRI é um algoritmo usado pelo Enem que avalia o desempenho do aluno por meio da média de acertos nacionais. O método é uma forma de legitimar o conhecimento dos alunos, impedindo o famoso “chute” nas questões. Segundo o aluno, o algoritmo foi “bem irregular na última edição”.

Apesar dessa preocupação, Dubois está confiante com a rotina de estudos que realizou durante o ano.

— Eu me preparei diariamente com as aulas do terceiro ano e semanalmente com simulados. Além disso, o exercício físico, alimentação e descanso foram essenciais pra aguentar, não só a intensidade do estudo, mas também a constância durante este ano — afirma.

O estudante ainda fala sobre como está a expectativa para a última semana antes do primeiro domingo de prova.

Continua depois da publicidade

— Nesta última semana a ansiedade é grande, mas com aeróbicos diários, acho que tenho controlado bem meu estresse. Também gosto de deixar o dia anterior da prova inteiro para descansar — finaliza.

Sobre o Enem 2022

As provas serão realizadas nos dias 13 e 20 de novembro. A aplicação dos testes impressos seguirá o horário de Brasília. A abertura dos portões será às 12h, e o fechamento às 13h.

O início das provas será às 13h30min. No primeiro dia de Enem, o término das provas será às 19h. Já no segundo dia de testes, às 18h30.

O local onde cada pessoa fará o exame já foi divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), na  Página do Participante.

Continua depois da publicidade

Para identificação, os candidatos devem levar um documento original com foto — pode ser o RG ou a carteira de motorista, por exemplo. Apps de documentos oficiais também podem ser apresentados.
O exame será constituído de quatro provas objetivas e uma redação em língua portuguesa. Cada prova objetiva terá 45 questões de múltipla escolha.

No primeiro dia do exame, serão aplicadas as provas de linguagens, códigos e redação (língua Portuguesa, literatura, língua estrangeira, artes, educação física e tecnologias da informação e comunicação); e de ciências humanas e suas tecnologias (história, geografia, filosofia e sociologia).

As notas do Enem podem ser usadas para ingresso ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e ao Programa Universidade para Todos (ProUni). As pessoas também podem usar as notas em mais de 50 instituições de educação superior portuguesas, além de poderem solicitar financiamento estudantil em programas do governo, como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Assista ao vídeo sobre o Enem 2022

Leia também

Cursinho realiza aulão aberto pré-Enem em Criciúma; veja como participar

Continua depois da publicidade

Geografia: veja os temas mais cobrados na prova do Enem

Enem 2022: Locais de prova são divulgados, mas candidatos relatam instabilidade em site

Destaques do NSC Total