nsc
dc

Coronavírus

Como avançar na imunização da população em Santa Catarina

Membros de outros grupos prioritários passaram a receber doses em Santa Catarina na última semana. Veja como Blumenau, Florianópolis e Joinville preparam para avançar na vacinação

13/02/2021 - 06h00

Compartilhe

Everton
Por Everton Siemann
acyr-hugo-tagliari-vacinacao-sc
Seu Acyr, 91 anos, se despede da equipe de vacinação que até a casa dele para vaciná-lo, em Florianópolis
(Foto: )

A última semana marcou mais um passo importante na imunização dos catarinenses contra a Covid-19. Em muitos municípios, idosos de 90 anos ou mais começaram a ser vacinados. Por serem considerados mais vulneráveis, em algumas cidades as equipes de vacinação foram até o lar idosos para imunizá-los. Foi o caso de Acyr Hugo Tagliari. Aos 91 anos, o morador do bairro Rio Tavares, Sul da Ilha, em Florianópolis, recebeu a equipe na manhã da última quarta-feira, dia 10. 

– Não gosto de injeção, mas essa nem senti – diz ele, em meio a risadas.

> Monitor da Vacina: dados detalhados da vacinação em Santa Catarina

Natural de Getúlio Vargas (RS), Seu Acyr vive na capital catarinense há 33 anos. Colorado, torce para que o time saia da fila sem títulos no Campeonato Brasileiro. Afinal de contas, a última conquista foi em 1979, quando ele nem morava em SC ainda.

Enquanto o Internacional não fatura a taça, ele espera pela nova visita da equipe de vacinação para tomar a segunda dose.

> Vacina: 6 de 17 regiões de SC aplicaram menos da metade das doses recebidas

A reportagem entrou em contato com as secretarias de saúde de Blumenau, Florianópolis e Joinville para ver como elas se preparam para avançar na vacinação. Veja a seguir:

Como as secretarias de saúde de Blumenau, Florianópolis e Joinville se preparam para avançar na vacinação

BLUMENAU

Região: Vale do Itajaí
População: 361.855 habitantes*

Quantas vacinas foram aplicadas até o momento?

Até o boletim divulgado na última terça-feira, dia 9, Blumenau já imunizou 6.233 pessoas contra a Covid-19 com a primeira dose da vacina e 468 com a segunda dose da vacina. Na quinta-feira, dia 11, o município iniciou a segunda etapa da campanha e vai imunizar idosos de 90 anos ou mais. A Prefeitura segue as determinações do Ministério da Saúde e as deliberações da Comissão Intergestores Bipartite. Conforme as vacinas forem sendo entregues ao município a prefeitura vai abrindo os agendamentos para os públicos prioritários.


Foi registrado algum caso de “fura fila” na cidade? Como a secretaria tem feito para controlar a aplicação nos grupos prioritários e evitar esse tipo de problema?

Até o momento, nenhum caso foi registrado em Blumenau. A exigência de agendamento e documentos pessoais, ou folha de pagamento para comprovar local de trabalho e ainda documento da entidade de classe representada pelo profissional de saúde garantiram a lisura do processo.


Para massificar e aumentar a velocidade da vacinação na cidade, o município tem planejado algum tipo de ação especial, como drive-thru, por exemplo? Se sim, como funcionará?

Em Blumenau, a vacinação contra a Covid-19 está sendo feita no Setor 1 do Parque Vila Germânica, das 8h às 19h. Seis equipes estão atendendo a população por meio de agendamento. Os públicos prioritários podem solicitar a vacina pelo site da Prefeitura, pelo telefone 156 (opção 2) e também pelo aplicativo Pronto Mobile. Diante do baixo quantitativo de doses que está sendo destinado essa possibilidade ainda não foi discutida.


Algum cidadão na cidade já recebeu a segunda dose?

Até o boletim divulgado na última terça-feira, dia 9, Blumenau já imunizou 468 com a segunda dose da vacina.


O município planeja fazer algum tipo de compra de vacina contra a Covid-19, que nãos seja via repasses do governo federal e do Estado?

A obrigação da disponibilização da vacina pelo SUS é do governo federal, e a coordenação estadual será da Secretaria de Estado da Saúde. Blumenau preparou com um plano de contingência municipal, caso haja dificuldades para aquisição de vacinas. O município reservou R$ 12 milhões no orçamento de 2021 para que em caso de necessidade, possa investir em vacinas, insumos e necessidades da saúde que garantam a proteção das pessoas.

Voltar ao topo

JOINVILLE

Região: Norte
População: 597.658 habitantes*

Quantas vacinas foram aplicadas até o momento?

Ao todo Joinville aplicou 6.219 doses da vacina: 5.261 em profissionais da saúde, 932 em idosos que vivem em instituições de longa permanência e 26 em pessoas com deficiência que vivem em residências inclusivas.


Foi registrado algum caso de “fura fila” na cidade? Como a secretaria tem feito para controlar a aplicação nos grupos prioritários e evitar esse tipo de problema?

A prefeitura de Joinville recebeu denúncias e encaminhou para o Ministério Público fazer a investigação, já que esta não é uma atribuição do Poder Executivo. A população pode registrar a denúncia pela Ouvidoria. De maneira pró-ativa e visando dar transparência ao processo de vacinação, desde o dia 25 de janeiro, a lista com o nome das pessoas imunizadas é enviada ao MP. Além disso, recentemente a prefeitura iniciou a vacinação de trabalhadores da área da saúde com mais de 60 anos, por meio de agendamento.


Para massificar e aumentar a velocidade da vacinação na cidade, o município tem planejado algum tipo de ação especial, como drive-thru, por exemplo? Se sim, como funcionará?

Neste momento, o grande desafio é fazer um controle rigoroso para evitar possíveis casos de fura fila. As 53 salas de vacina farão a imunização, assim como será ampliada para até 20 salas de atendimento na Central de Imunização, conforme a disponibilidade de doses. Há o planejamento também para fazer ações de vacinação em sistema drive-thru, principalmente para idosos. Isso deve acontecer quando aumentar a quantidade de vacinas.


Algum cidadão na cidade já recebeu a segunda dose?

A segunda dose começa a ser aplicada na semana que vem. Como os primeiros a receber foram profissionais da linha de frente no combate à Covid-19, o imunizante será encaminhado para o próprio hospital, local de trabalho da pessoa que receberá a vacina. É importante destacar que quando a pessoa recebe a primeira dose, já sai com o agendamento de quando receberá a segunda.


O município planeja fazer algum tipo de compra de vacina contra a Covid-19, que nãos seja via repasses do governo federal e do Estado?

A prefeitura de Joinville tem orçamento para a compra da vacina, porém neste momento não há nenhum imunizante que esteja sendo vendido diretamente aos municípios ou estados, com exceção da iniciativa entre a Coronavac e o governo do estado de São Paulo. A prefeitura está atenta ao mercado e assim que houver disponibilidade, o município deve dar seguimento aos processos necessários para aquisição de mais vacinas.

Voltar ao topo

FLORIANÓPOLIS

Região: Grande Florianópolis
População: 508.826 habitantes*

Quantas vacinas foram aplicadas até o momento?

Os dados são atualizados no site https://covidometrofloripa.com.br, na aba “Vacinômetro”. Até o fechamento da edição, haviam sido aplicadas 12.209 doses, entre a primeira e a segunda dose da vacina.


Foi registrado algum caso de “fura fila” na cidade? Como a secretaria tem feito para controlar a aplicação nos grupos prioritários e evitar esse tipo de problema?

Não há casos de “fura fila”. Para evitar esse tipo de irregularidades a administração municipal tem exigido termos de responsabilidade para instituições previstas para a vacinação. Os idosos acima de 90 anos estão sendo vacinados com lista nominal dos Centros de Saúde.


Para massificar e aumentar a velocidade da vacinação na cidade, o município tem planejado algum tipo de ação especial, como drive-thru, por exemplo? Se sim, como funcionará?

Neste momento a imunização não ocorrerá em drive-thru, pois em avaliação da equipe técnica da Secretaria de Saúde concluiu-se que desta maneira os idosos com mais de 90 anos não precisam se deslocar e aguardar em um local específico. A Secretaria de Saúde informa ainda que as vacinações em drive-thru não estão descartadas para as próximas fases. Os trabalhadores da Saúde recebem as vacinas em seu ambiente de trabalho.


Algum cidadão na cidade já recebeu a segunda dose?

Sim. Os dados são atualizados no covidometrofloripa.com.br, na aba “vacinômetro”.


O município planeja fazer algum tipo de compra de vacina contra a Covid-19, que nãos seja via repasses do governo federal e do Estado?

Existe um interesse do município, porém hoje não há vacinas disponíveis para compra. Não existe condições operacionais, até o momento, para aquisição sem ser pelo governo federal.

Voltar ao topo


*Estimativa do IBGE

Leia também:

> Painel do Coronavírus: saiba como foi o avanço da pandemia em SC

> Regiões Oeste e Grande Florianópolis aplicaram mais vacinas contra a covid-19 por morador

Colunistas