Ir até a praia para tomar um banho de mar tende a ser uma vontade corriqueira na vida de muitas pessoas, especialmente durante a temporada de verão. Em alguns casos, no entanto, essa realidade pode parecer ainda mais distante quando não há como se locomover ou permanecer, por conta própria, no meio das ondas. Foi o que aconteceu com a dona Anaurina Vieira da Silva, que ficou quase 10 anos sem colocar os pés na água salgada por não conseguir andar e se manter de pé.

Continua depois da publicidade

Tudo mudou, porém, depois que ela conheceu um projeto de acessibilidade em Itapema. Com uma cadeira adaptada, voluntários levam moradores e turistas para a praia e ainda transformam vidas com uma experiência que, na verdade, vai muito além de um banho de mar.

Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

A iniciativa, que já chegou à 12ª edição em 2024, é gratuita e ocorre todos os anos para promover a inclusão de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Conhecida como “Projeto Vida na Praia”, a ação fica disponível aos sábados, domingos e feriados, até o mês de março, com atividades na Avenida Beira Mar — ao lado do Rancho do Pescador, no Centro — e também na Rua 217, no Calçadão, em Meia Praia.

Foi ali, inclusive, que a dona Anaurina realizou o sonho de voltar para o mar depois de quase uma década. Isso porque uma doença rara e autoimune, chamada de polimiosite, afetou a musculatura do corpo dela e dificultou a movimentação em qualquer circunstância.

Continua depois da publicidade

Acompanhada da neta e de uma equipe de voluntários, porém, a mulher de sorriso largo finalmente conseguiu sentir, mais uma vez, o movimento das ondas ao usufruir do equipamento oferecido pelo projeto.

Dona Anaurina com a filha e a neta durante o banho de mar (Foto: Divulgação)

— Fazia oito anos que minha avó não entrava no mar. Então, quando ficamos sabendo desse projeto, a gente correu para levar ela. E foi muito emocionante — relatou a neta Eliza Manuelly, que esteve com a avó no banho de mar.

As cadeiras anfíbias usadas durante os passeios foram projetadas com segurança e possuem adaptações para não deslizar na areia ou afundar na água. Ao todo, a atividade já atendeu quase 3 mil pessoas, atraindo turistas e inspirando outros lugares do país. Jane Marisa Skrepka, por exemplo, frequenta o projeto há quatro anos e conta que o descobriu por acaso, enquanto passava em frente ao local das atividades.

Bastou esse primeiro contato, no entanto, para que ela se apaixonasse pela iniciativa. Agora, Jane espera ansiosamente pelos dias de verão, quando tem a certeza de que essas experiências irão render muito mais do que um banho refrescante, pois já se tornou, também, uma oportunidade de viver novos encontros.

Continua depois da publicidade

— É uma satisfação poder estar na água, dialogar com as pessoas, conhecer mais gente. Cada um com a sua história, né? E compartilhar isso é tudo de bom — relatou nas redes sociais.

Itapema foi a primeira cidade de Santa Catarina a desenvolver o projeto que, além da ação nas praias, também tem como objetivo fortalecer o debate em torno do acesso aos direitos e da convivência das pessoas com deficiência em todos os espaços da cidade, seja durante o ano ou na temporada.

Para Israel Silva, um dos participantes do Vida na Praia, não há dúvidas de que o projeto cumpre com maestria aquilo que se propõe a fazer no dia a dia: transformar histórias.

— Tem muitas pessoas que estão dentro de uma casa, afastadas, que têm algum problema especial e não têm nem direito de ir e vir. E o projeto abriu para que essa pessoas venham tomar banho, enturmar com a galera, acabar com o preconceito. Porque muita gente que tem deficiência física tem medo. Não da praia. Mas, da sociedade. E é um ajudando o outro que o mundo vai para frente — ressalta.

Continua depois da publicidade

Israel aproveitando o banho de mar em Itapema (Foto: Divulgação)

*Sob supervisão de Bianca Bertoli

Leia também

Fotos revelam passado de simplicidade de Itapema, a nova queridinha do Litoral de SC

Águas cristalinas fazem de Bombinhas a península paradisíaca de SC; veja fotos

Destaques do NSC Total