Com águas cristalinas em tons de azul claro, a Ilha do Campeche, em Florianópolis, é uma das praias do Brasil dignas do título “Caribe brasileiro”. Além de ser um dos principais destinos turísticos de Santa Catarina, a ilha também é considerada patrimônio arqueológico, já que preserva inscrições rupestres de valor histórico.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

A pequena ilha ao Sul de Florianópolis faz parte de uma unidade de conservação. Por isso, o número de visitantes diários é limitado. Além da praia com mar azul (porém gelado), também são oferecidas caminhadas ecológicas guiadas no local para conhecer mais sobre a história de Santa Catarina.

Para o Secretário de Turismo do Estado, Evandro Neiva, a preservação da ilha é tão importante quanto a promoção do local como um dos mais importantes destinos turísticos catarinenses.

— A Ilha do Campeche é verdadeiramente um tesouro natural de Santa Catarina. Suas praias paradisíacas, tornam um destino único e imperdível para os amantes do turismo e da natureza. Estamos comprometidos em preservar e promover nossa costa, pois reconhecemos sua importância não apenas para o turismo, mas também para a conscientização sobre a conservação ambiental — destaca.

Continua depois da publicidade

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, por meio da Fundação Municipal do Meio Ambiente (Floram), pretende criar uma unidade de conservação municipal de proteção integral na Ilha do Campeche. A medida visa proteger o território, sua fauna, flora e gravuras rupestres presentes.

Veja fotos da Ilha do Campeche

Como chegar na Ilha do Campeche

O trajeto até a Ilha do Campeche pode ser feito a partir de duas praias. A primeira é a partir da Praia da Armação, de onde saem barcos diariamente. Em 2023, o valor é de cerca de R$ 80 por pessoa. O trajeto leva em torno de 40 minutos, e a permanência na ilha é de aproximadamente quatro horas.

Durante a temporada de verão, o passeio funciona com reserva, por conta da alta procura, já nos outros meses, o horário de saída dos barcos é das 9h às 12h.

Continua depois da publicidade

A segunda opção é a partir da Praia do Campeche. O trajeto é feito em botes infláveis e dura cerca de 10 minutos. Em 2023, o valor é de aproximadamente R$ 180 por pessoa.

As saídas começam por volta das 9h, perto do Restaurante Pequeno Príncipe, e ocorrem por ordem de chegada.

Controle de acessos na Ilha do Campeche

Por se tratar de uma unidade de conservação, há um limite diário de pessoas na Ilha do Campeche de 800 por dia. Até então, monitores e barqueiros faziam o controle através de conscientização e orientação.

Após a Justiça Federal, o Ministério Público Federal (MPF) e outros órgãos manifestarem preocupação com o limite de pessoas na Ilha do Campeche durante a temporada de verão, a prefeitura de Florianópolis informou que vai apresentar um plano para organização dos desembarques no local.

Continua depois da publicidade

No entanto, o entendimento dos órgãos envolvidos na discussão é que no auge da temporada acredita-se que o limite diário foi ultrapassado, por conta do acesso por embarcações privadas e que não participam do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) junto ao Ministério Público Federal (MPF).

Publicidade

Além de muita informação relevante, o NSC Total e os outros veículos líderes de audiência da NSC são uma excelente ferramenta de comunicação para as marcas que querem crescer e conquistar mais clientes. Acompanhe as novidades e saiba como alavancar as suas vendas em Negócios SC

Leia também

Imagens incríveis! Veja as fotos da Travessia a nado da Ilha do Campeche

Apartamento ‘spot’ é aposta inovadora de aluguel temporário em Florianópolis

Vinhos de altitude e queijos atraem 84% dos turistas que viajam para Serra de SC

Destaques do NSC Total