O dia 25 de novembro é celebrado como o Dia Nacional do Doador do Sangue. Um gesto nobre, de humanismo, de solidariedade e que ajuda a salvar vidas. Em Blumenau, porém, o gesto divide opiniões. É o que mostra uma pesquisa do Projeto Focus, da Furb. Uma equipe com 132 pesquisadores da universidade entrevistou 2.185 pessoas entre 15 de outubro e 9 de novembro, com o objetivo de identificar o perfil e as motivações das pessoas que doam sangue.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

Os resultados da pesquisa trazem pontos curiosos e podem servir como uma espécie de guia para os administradores públicos. O estudo identificou que 61,5% dos entrevistados nunca doaram sangue, embora a maioria (88,2%) reconheça a importância da doação de sangue para salvar vidas. Assim como, 80,06% dos que não doam sangue dizem que campanhas de conscientização encorajam a doar, e 79,32% afirmam que confiam no trabalho do hemocentro.

Perfil da amostra

Entre as razões citadas por quem nunca doou sangue, três destacam-se: falta de tempo (19,86%), medo de agulha e/ou procedimentos de coleta de sangue (18,52%) e nenhuma razão específica (17,41%). Questionados sobre o nível de informação, os entrevistados disseram nõ ter as devidas informações sobre os riscos para o doador (69,42%) e o trabalho realizado pelo hemocentro (64,66%).

– Entre as diversas conclusões possíveis, uma delas é que as autoridades podem atuar em uma campanha mais esclarecedora sobre o processo da doação, de como o hemocentro trabalha, por exemplo – comenta a professora Cynthia Quadros, uma das coordenadoras da pesquisa.

Continua depois da publicidade

Do outro lado, 37,12% dizem já ter doado sangue. Entre eles, quase 70% doaram sangue duas ou mais vezes e cerca de 90% pretende doar mais vezes. Os doadores veem a atitude como altruísta. Entre as razões para o gesto, três respostas se destacam: vontade de ajudar e fazer o bem (57,82%), consciência da importância da doação de sangue (44,51%) e ajudar alguém que precisava de transfusão de sangue (43,27%).

Questões sobre a doação de sangue

Hemosc estimula doação de sangue para manutenção de estoques

Com foco em estimular a doação consciente de sangue, o Hemosc promove durante esta semana uma série de ações alusivas ao Dia Nacional do Doador do Sangue, celebrado neste sábado (25). A campanha deste ano tem o tema “Preserve a vida. Doe sangue”. Desde segunda-feira (20) até este sábado (25), os hemocentros distribuirão mudas de árvores e sementes com o intuito de promover a conscientização ambiental entre os doadores.

Quais as regras para a doação de sangue?

Segundo a diretora-geral do Hemosc, Patrícia Carsten, o tema deste tem como intuito estimular a conscientização para preservação ambiental.

– A doação de sangue é um ato de cidadania e cuidar do meio ambiente também é. Trouxemos este tema para fazer uma reflexão com a sociedade catarinense sobre a responsabilidade de cada um.

Continua depois da publicidade

Vídeo mostra passo a passo da doação de sangue

Leia também

Redução de filas no INSS pode beneficiar 7,8 mil pessoas que esperam atendimento em SC

Perdas na agricultura de Rio do Sul chegam a R$ 9,1 milhões após seis enchentes em 2023

Caso de dengue tipo 3 identificado pela primeira vez em SC acende alerta para transmissão intensa

Destaques do NSC Total