nsc
    dc

    Levantamento

    Coronavírus: municípios de SC informam ter 9% a mais de casos de covid-19 do que o Estado

    Diferença era de 34% há duas semanas, diminuiu com integração de bases, mas há cidades que ainda apresentam o dobro de pacientes. Veja a lista para cada município

    06/05/2020 - 13h47 - Atualizada em: 06/05/2020 - 15h30

    Compartilhe

    Cristian Edel
    Por Cristian Edel Weiss
    Apenas em Florianópolis, prefeitura divulga 55 casos confirmados a mais do que o Estado
    Apenas em Florianópolis, prefeitura divulga 55 casos confirmados a mais do que o Estado
    (Foto: )

    *Colaboraram Mayara Vieira e Anaísa Catucci

    Os municípios de Santa Catarina informam ter em média 9% a mais de casos confirmados do novo coronavírus (covid-19) do que o divulgado pelo governo do Estado. O levantamento foi feito pela NSC Comunicação e G1 SC com 144 prefeituras das 152 cidades que já apresentam pelo menos um paciente diagnosticado com covid-19, segundo boletim da Secretaria de Estado da Saúde.

    Das cidades avaliadas, 48 divulgam mais casos que o boletim estadual, 70 apresentam o mesmo número e 26 afirmam ter menos casos (situação de pacientes que residem em outras cidades). Veja detalhes por cidade na tabela abaixo e busque pelo seu município.

    As demais prefeituras não divulgam boletins próprios ou não responderam aos pedidos da reportagem. A diferença de 9% corresponde a 250 pacientes a mais diagnosticados pelas secretarias municipais de Saúde. Enquanto as 144 cidades consultadas até a noite desta terça, 5, afirmam ter, juntas, 3.013 casos, o Estado divulgou para esses mesmos municípios 2.763 no boletim de terça.

    A Secretaria de Estado da Saúde tem ainda outros 10 casos referentes às cidades não avaliadas pela reportagem e 22 de pessoas que não moram em Santa Catarina.

    Cidades com o dobro de diagnosticados

    Se calcular a disparidade apenas entre as 48 cidades que informam mais casos do que o Estado, essa diferença sobe de 9% para 16,1%. Em alguns municípios, a diferença chega a ser o dobro, como em Guaramirim, no Norte do Estado. A prefeitura informou ter 14 casos, enquanto o Estado indica apenas 6. Ouro, Águas Mornas, Rodeio e Palma Sola informam ter 2 casos cada uma, mas no relatório estadual aparecem apenas com 1.

    É em Concórdia – principal cidade da microrregião que apresentou crescimento expressivo de casos na última semana e se destaca no país – que em números totais a diferença se evidencia. A prefeitura divulgou nesta terça 160 casos confirmados da doença, mas para o Estado ainda eram 104 – diferença de 53,8%. A cidade é rodeada por Irani, Ipumirim, Presidente Castello Branco e Lindóia do Sul, todas que apresentam mais casos do que o informado pelo Estado.

    Lindóia do Sul, inclusive, tem o maior número de pacientes para cada 10 mil moradores em Santa Catarina e está entre os 10 maiores índices do país.

    Logo atrás de Concórdia, está Florianópolis, com 424 pacientes diagnosticados, 55 a mais do que o informado pelo Estado. Em seguida vêm Braço do Norte (26 casos a mais), Tubarão (19) e Gravatal (12).

    Pelo menos 6 municípios informam incorporar nos resultados exames feitos por laboratórios privados que não tiveram confirmação do Laboratório Central do Estado (Lacen). Outras cidades informam também considerar resultados de testes rápidos.

    Os 144 municípios avaliados têm ainda 771 casos suspeitos ou em investigação, que aguardam resultados de exames. Conforme o boletim desta terça, o Estado tinha apenas 80.

    Integração de bases reduziu diferença

    Apesar da disparidade identificada, a distância já foi maior. Em levantamento realizado há duas semanas pela reportagem, a diferença média era de 34% entre os dados apontados por 92 municípios e o Estado.

    No fim de abril, o governo do Estado decidiu unificar as bases de dados com os municípios na tentativa de se aproximar do número já divulgado pelas prefeituras. O número total de diagnosticados com covid-19, que era de 1.476 em 27 de abril, subiu para 2.104 em 1º de maio – salto de 42% – após o governo ter reajustado por dois dias dados que foram equivocadamente duplicados no sistema estadual e divulgados.

    Procurado pela reportagem, o Estado afirmou que os dados fornecidos pelo governo "são todos oficiais, com base em um sistema alimentado pelos municípios. Podem ocorrer possíveis atrasos na atualização por conta de algumas notificações demorarem a ser validadas no sistema". O governo afirma ainda que os casos são registrados de acordo com a cidade de endereço do paciente que consta no Cartão Nacional de Saúde (CNS).

    Municípios apresentam o dobro de curados em duas semanas

    A reportagem levantou também os dados de pacientes curados em Santa Catarina. Pelo menos 101 cidades já divulgam essa informação. São 1.469 pessoas que foram diagnosticadas com covid-19, que passaram por 14 dias de isolamento e não apresentam mais sintomas. O número é o dobro do levantando pela reportagem duas semanas atrás. Veja detalhes por cidade nesta reportagem.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas