nsc

publicidade

Brasileiro

Criciúma deixa pontos no Paraná por falta de eficiência: “Era para ter ganhado” 

Tigre mostra superioridade ante o Paraná Clube, mas deixa Durival Britto com empate na Série B

24/08/2019 - 18h15

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
Criciúma fica no empate em 0 a 0 com o Paraná na Série B
Criciúma fica no empate em 0 a 0 com o Paraná na Série B
(Foto: )

O Criciúma foi superior pela maior parte do jogo diante do Paraná no Durival Britto, em Curitiba. Com postura agressiva, teve presença no campo de ataque e as melhores oportunidades de todo o confronto pela 18ª rodada da Série B 2019. No entanto, o placar não saiu do 0 a 0 e o Tigre deixou o gramado com lamentos. A vitória como visitante, que colocaria o time fora da zona de rebaixamento, ficou no Estado vizinho.

> Lances e estáticas: Paraná 0 x 0 Criciúma em tempo real

- Acho que esse jogo era para ter ganhado. Tivemos oportunidades, umas cinco no primeiro tempo. O ponto é importante. Mas contra Oeste tem que vencer de qualquer jeito - falou o zagueiro depois do jogo, e pensando no seguinte, às 20h30min de terça-feira.

Foram duas chances significativas em que a finalização não foi eficiente. Uma de Reinaldo, cara a cara com o goleiro e livre de marcação, em que o chute foi em cima de Thiago Rodrigues, aos 21 do primeiro tempo, e outra na segunda etapa, em que Léo Gamalho teve a bola com algum espaço dentro da área e o chute saiu fraco, para a defesa do arqueiro adversário.

Foguinho também apareceu bem com chutes de fora que passaram perto. Mas as duas chances que tiveram a direção do gol foram chances claras desperdiçadas. Uma das quatro certas do Criciúma ao longo do confronto. O Paraná acertou o dobro, mas só causou algum perigo nos minutos finais, a partir do momento que teve um atleta a mais em campo após a expulsão de Caíque.

- Poderíamos ter definido no primeiro tempo pelas oportunidades e não conseguimos sustentar o desempenho no segundo. Com a expulsão tivemos limitação maior. Já que tava encaminhada para a parte final, tentamos organizar para não perder a partida. Desde o primeiro tempo chegamos muitas vezes com qualidade, às vezes até desperdiçando o último passe para a chance de gol. Acho que merecíamos melhor sorte pelo volume de jogo. Mas é bola na rede, precisava colocar a bola para dentro - resumiu o técnico interino Wilson Waterkemper.

​Leia mais notícias sobre o Criciúma EC. ​

Deixe seu comentário:

publicidade