Quem mora na Grande Florianópolis já sabe como é a temporada de verão. Calor, exposição direta ao sol, chuvas intensas no fim da tarde para refrescar e maratona de festas são sempre esperados e muitas vezes desejados. Entretanto, quem não se mantém alerta para cuidar da saúde, pode enfrentar problemas indesejados.

Continua depois da publicidade

Nesse período, em que muitos entram de férias, recesso ou simplesmente aproveitam o embalo das comemorações, é comum ficar mais tranquilo e um pouco menos cauteloso em aspectos como a alimentação e a hidratação, por exemplo.

O Hospital Baía Sul, uma das maiores referências em saúde no estado de Santa Catarina, percebe a mudança na rotina da população e o aumento de doenças e acidentes nesse período.

— Durante o verão aumentam os casos de gastroenterites e intoxicações alimentares. Também ocorrem casos de insolação, traumatismos de extremidades e infecções respiratórias relacionadas à exposição prolongada ao ar-condicionado — comenta Priscilla Nunes Abreu da Silva, coordenadora médica do pronto-atendimento do Hospital Baía Sul.

Cuidado com a alimentação é fundamental

Durante o verão, as pessoas costumam comer fora de casa. Seja na praia ou na cidade, é preciso ficar alerta tanto com a procedência dos alimentos, quanto com as condições de conservação do local. Devido às altas temperaturas, os alimentos estragam mais rápido, abrindo as portas para as doenças gastrointestinais. Além disso, optar por alimentos mais leves é a escolha certa para encarar dias de calor intenso e poder aproveitar um bom banho de mar.

Continua depois da publicidade

Hidratação em primeiro (e em último) lugar

Calor e água devem estar sempre de mãos dadas, principalmente quando há o consumo de álcool. Beber sem manter a hidratação, além de provocar uma embriaguez ainda maior, garante uma forte ressaca no dia seguinte e ainda aumenta os riscos de acidentes e afogamentos.

— Importante nessa época atenção a hidratação, aumentando o consumo de líquidos. Recomenda-se consumo de água filtrada, evitando consumo de água diretamente da rede — comenta a doutora Priscila.

Um pouco de sol todos os dias

Para a coordenadora médica do pronto-atendimento do Hospital Baía Sul, o equilíbrio ao pegar sol também é imprescindível.

— Cuidados em relação à exposição solar excessiva, em horário de maior radiação, evitando insolação e queimaduras — comenta.

Continua depois da publicidade

Por isso, o ideal é evitar se expor nos horários com maior incidência dos raios ultravioletas, entre 10h e 16h. O protetor solar, claro, deve estar sempre em mãos pronto para ser reaplicado.

É importante não deixar o atendimento médico para depois

Quando acometidas por alguma doença durante a alta temporada, muitas pessoas ignoram a necessidade de procurar atendimento médico qualificado. Seja por não julgar necessário ou por não estar na cidade onde reside, deixar a saúde de lado nunca é uma boa escolha.

— A avaliação médica evita desidratação e complicações. Além disso, considerando ainda a pandemia do Covid-19, imprescindível avaliação para indicação adequada de testagem e orientações quanto ao isolamento — orienta a coordenadora.

Hospital Baía Sul possui pronto-atendimento 24h.
Hospital Baía Sul possui pronto-atendimento 24h. (Foto: Thiago Braga | Hospital Baía Sul)

O Hospital Baía Sul inclusive oferece uma estrutura e fluxo de atendimento separados para pacientes com sintomas respiratórios, o que garante a segurança de todos os pacientes e colaboradores que usam as dependências do hospital.

Continua depois da publicidade

Hospital inicia “Operação Verão”

O Hospital Baía Sul, com 16 anos de história, é o primeiro a ser procurado em casos de necessidade. Isso porque é um dos mais completos e integrados centros de saúde da Grande Florianópolis, com um corpo clínico de excelência das mais variadas especialidades, como: clínica médica, cardiologia, ortopedia e traumatologia, neurologia (AVC), e urologia (cálculo renal).

Durante o verão e em todo o resto do ano, o Hospital é o mais lembrado da região devido à sua estrutura completa. O plantão 24 horas, por exemplo, conta com especialistas, oferecendo atendimento ágil, seguro e humanizado. Tudo isso aliado à medicina diagnóstica da tradicional Clínica Imagem, além de laboratórios clínicos, farmácia e um centro hospitalar com UTI, clínica médica e centro cirúrgico de alta tecnologia.

Para atender à crescente demanda proveniente da temporada, o Hospital iniciou a campanha “Operação Verão”.

— Estabelecemos uma operação no hospital com aumento das equipes técnicas, melhorias de fluxos para maior agilidade no atendimento e parcerias junto às equipes de experiência do paciente, setor de imagem e agendamento, procurando otimizar ainda mais nosso atendimento — conta a dra. Priscila.

Continua depois da publicidade

Saiba mais sobre o Hospital Baía Sul clicando aqui.

Leia também

Natal da Virada: Prefeitura de Florianópolis faz desfile de natal inédito na Ponte Hercílio Luz

Destino mais lembrado em 2021, Florianópolis se prepara para a temporada