nsc
dc

Vocações

Luciano Hang: Trajetória de sucesso

No mesmo ano em que o DC iniciava a jornada, Luciano Hang começava uma das maiores redes de lojas de varejo do país

15/05/2021 - 06h16

Compartilhe

Everton
Por Everton Siemann
vozes-luciano-hang-1
Hang é dono da maior fortuna de Santa Catarina, estimada em US$ 2,7 bilhões, de acordo com a revista americana Forbes
(Foto: )

Bem-sucedido e autêntico são dois adjetivos constantemente atrelados ao empresário catarinense Luciano Hang. Com posicionamentos claros sobre os mais diversos assuntos, o brusquense coleciona uma série de episódios polêmicos, que o colocam em exposição quase na mesma velocidade que obtém êxito no mundo dos negócios. Aos 58 anos, Hang é dono da maior fortuna de Santa Catarina, estimada em US$ 2,7 bilhões, de acordo com a revista americana Forbes. Montante que o coloca entre os 1,2 mil homens mais ricos do mundo.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Natural de Brusque, é filho de operários da indústria têxtil. Pai e mãe trabalharam, respectivamente, por 40 e 30 anos na Fábrica de Tecidos Carlos Renaux, onde ele mesmo atuou na juventude. O lado empreendedor já aflorava quando garoto, ainda na escola. Aos nove anos, quando se deu conta da falta de uma cantina na escola viu uma oportunidade e, com autorização da diretoria, passou a comprar balas e biscoitos no comércio para revender aos alunos. O sucesso foi tamanho que, em poucas semanas, o fornecedor de doces começou a entregar de Kombi as encomendas na escola, devido ao volume e variedade de produtos.

Aos 17 anos, Hang foi admitido na mesma empresa onde os pais atuaram por décadas. Com visão para negócios, aos 21 anos, ele comprou uma empresa de tecelagem e passou a se dedicar a expandi-la, paralelamente à carreira na fábrica de tecidos. Aos 24 anos, percebeu que Brusque ganhava um novo impulso econômico, baseado no turismo de compras. Foi então, que começou a dar os primeiros passos no universo do varejo.

No mesmo ano em que o Diário Catarinense iniciava a jornada na comunicação de Santa Catarina, Hang e um sócio inauguravam uma loja de tecidos. Com o passar do tempo, a diversificação dos produtos e o crescimento do número de visitantes, a loja ficou pequena e, em 1989, uma nova sede foi inaugurada na rodovia Antônio Heil – local onde atualmente está instalada a sede da rede de lojas.

Em 1995, a rede inaugurou a primeira filial, em Curitiba. Até 2000, outras duas unidades foram abertas na capital paranaense. Em Santa Catarina, a primeira filial foi aberta em 2002, em Florianópolis, no bairro Capoeiras. A partir daí, a expansão da rede de lojas chegou a outras cidades catarinenses e outros estados do país.

vozes-luciano-hang-2
Rede de lojas montada por Hang conta com 157 unidades
(Foto: )

A Havan fechou 2020 com faturamento de R$ 10,5 bilhões e conta com 157 unidades distribuídas em 18 estados do Brasil, gerando mais de 20 mil postos de trabalho. Números que não devem parar tão logo. O plano de expansão da empresa prevê a abertura de outras unidades até o fim do ano, ampliando o quadro de colaboradores.

– Vamos continuar plantando lojas por todo o Brasil, gerando empregos e desenvolvimento para a população! – escreveu Hang em uma postagem nas redes sociais, durante visita a loja em Vilhena (RO).

Leia também:

> Vocações: as potencialidades e os desafios das sete capitais de SC

> Vozes: personagens que marcaram a trajetória do DC

Colunistas