O debate da CBN Floripa colocou frente a frente nesta terça-feira (16) os candidatos ao governo de Santa Catarina nas Eleições 2022. O programa teve quase duas horas de duração e discutiu temas prioritários para o Estado.

Continua depois da publicidade

Acesse o Guia das Eleições 2022 do NSC Total 

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

O encontro entre os nomes que disputam o cargo de governador foi também o primeiro debate com os postulantes já na condição de candidatos e marcou também o início da campanha eleitoral, que ocorre nesta terça. O programa foi mediado pelo jornalista e apresentador Raphael Faraco, nos estúdios da NSC Comunicação, em Florianópolis.

O debate da CBN com os candidatos ao governo de SC foi dividido em três blocos, todos com perguntas feitas de candidato para candidato. No primeiro, os questionamentos abordavam os eixos do projeto “SC Ainda Melhor”. Os temas foram sorteados na hora.

Continua depois da publicidade

Participaram do debate oito candidatos ao governo de SC: Carlos Moisés (Republicanos), Décio Lima (PT), Esperidião Amin (PP), Gean Loureiro (União Brasil), Jorge Boeira (PDT), Jorginho Mello (PL), Odair Tramontin (Novo) e Ralf Zimmer (Pros). A candidatura de Ralf é alvo de uma disputa judicial pelo comando do Pros em SC e ainda depende da confirmação na Justiça eleitoral.

Foram convidados todos os concorrentes de partidos, federações ou coligações com no mínimo cinco parlamentares no Congresso Nacional, conforme determina a legislação eleitoral.

O debate em vídeo

O debate em fotos

Ao longo de quase duas horas, os candidatos discutiram temas como educação e formação de mão de obra, arrecadação, investimentos em infraestrutura e saúde. Fotos registradas ao longo dos diálogos entre os concorrentes mostram como foi o clima do primeiro debate do período oficial da campanha eleitoral em SC:

Análises dos colunistas da NSC

Os colunistas da NSC Ânderson Silva, Dagmara Spautz e Evandro de Assis acompanharam o debate e analisaram os principais pontos da troca de ideias entre os candidatos. Entre os destaques estão a presença da figura de Bolsonaro como pano de fundo entre parte dos questionamentos dos concorrentes e a ausência de Lula nas discussões. Confira as análises abaixo:

Continua depois da publicidade

Ânderson Silva: Primeiro debate da campanha em SC mostra o caminho que candidatos vão seguir; veja

Dagmara Spautz: Acabou o ensaio: debate entrega estratégias dos candidatos ao governo de SC

Evandro de Assis: Debate ao governo de SC transforma Jair Bolsonaro em bússola

Renato Igor: Em debate, candidatos ao governo de SC citam Bolsonaro e “esquecem” Lula

O debate

O debate entre candidatos ao governo de SC foi dividido em três blocos, todos com perguntas feitas de candidato para candidato. No primeiro deles, as perguntas envolveram temas que fazem parte do projeto SC Ainda Melhor, iniciativa da NSC que ouviu 81 entidades para apontar caminhos e prioridades para o Estado nos próximos anos.

Segurança pública, política de impostos, medidas sociais, investimentos em saúde, educação, qualificação de mão de obra e novos modais de transporte foram os temas presentes nas perguntas dos participantes.

No segundo bloco, as perguntas podiam ter tema livre. Com isso, alguns candidatos abordaram temas mais polêmicos. Ensino público, retorno de investimentos por parte do governo federal e educação digital foram alguns dos temas abordados nos questionamentos. A relação entre alguns candidatos com o presidente Jair Bolsonaro (PL), a presença de apoiadores em “bandeiraços” e questões como a compra dos respiradores também foram citadas pelos candidatos.  

No último bloco, temas como o abatimento da dívida com a União em função de investimentos do Estado em rodovias federais, políticas para deficientes, educação, segurança pública e investimentos em hospitais foram os principais assuntos que motivaram perguntas e comentários dos candidatos. Ao fim dos três blocos, cada candidato teve dois minutos para as considerações finais.

Continua depois da publicidade

Leia também

Broches, candidato sem número e post-it: curiosidades do debate com candidatos ao governo

Por que as eleições de 2022 se tornaram tão importantes para a democracia brasileira

Milionários, candidatos ao governo de SC estão “mais pobres” desde as últimas eleições

Debate, reuniões e gravações: como será a 1ª semana da campanha eleitoral em SC

Destaques do NSC Total