Um mapa de calor divulgado pela Prefeitura de Florianópolis nesta quarta-feira (17) mostra as áreas da Capital com mais incidência de casos de dengue. O Centro e Canasvieiras, no Norte da Ilha, são as regiões mais críticas (em vermelho).

Continua depois da publicidade

Entre na comunidade exclusiva de colunistas do NSC Total

Até a última atualização da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE) de Santa Catarina, Florianópolis tinha registro de três mortes por dengue: um homem de 72 anos, uma mulher e 90 e outra mulher de 85 anos. Em todo o Estado, já são 84 mortes em 2024.

A Capital registrou também 8.835 casos prováveis da doença em 2024, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES), e mais de 4 mil confirmados. Segundo a DIVE, Florianópolis recebeu 7.785 doses da vacina contra a dengue.

Dengue: mapa mostra quais são as áreas mais críticas de Florianópolis
Mapa de calor com casos de dengue em Florianópolis (Foto: PMF, Reprodução)

Dia de Combate à Dengue em Canasvieiras

Nesta quinta-feira (18), a prefeitura promove um Dia de Combate à Dengue em Canasvieiras, atualmente a região mais crítica da Capital. Devem ser promovidas uma série de estratégias pelas secretarias de Saúde, Segurança, Assistência Social, Meio Ambiente e Limpeza e Manutenção Urbana, com apoio do Exército. O objetivo principal é reforçar as medidas de prevenção e eliminação dos focos do mosquito Aedes aegypti. A força-tarefa será das 8h às 17h.

Continua depois da publicidade

No mesmo dia, às 5h, haverá aplicação de inseticida no bairro. A partir das 8h, a força-tarefa estará concentrada em frente ao Ecoponto e base Operacional Norte da Comcap para início da atividade.

Na força-tarefa, agentes de combate a endemias farão visitas domiciliares, inspeções e orientações à população, assim como o atendimento de denúncias. As equipes terão apoio da Defesa Civil, que utilizará drones para auxiliar na identificação de possíveis focos do mosquito. A Secretaria de Limpeza e Manutenção Urbana fornecerá apoio logístico, com materiais e caminhões para descarte, além do apoio de profissionais e a realização da roçagem de locais mapeados na região.

Em caso de suspeita de dengue, a orientação é procurar o Centro de Atendimento para a Dengue (localizado no terceiro andar da UPA Norte), unidade de saúde mais próxima da residência ou ligar para o Alô Saúde Floripa (0800 333 3233).

Até esta quarta-feira (17), 4.015 casos de dengue foram confirmados no município, 96 internações e três mortes por conta da doença.

Continua depois da publicidade

Leia mais

São Francisco do Sul atinge quatro mortes por dengue

A força-tarefa para salvar um bebê com dengue que mobilizou helicópteros em SC

Brasil chega a 1.116 mortes por dengue e bate recorde histórico

Com 20 mortes por dengue, Joinville lidera ranking de vítimas pela doença em SC

Destaques do NSC Total