nsc
santa

Sem solução

Desaparecimento do menino Ícaro em Balneário Camboriú completa cinco anos

Mesmo com investigações em duas delegacias diferentes, não há pistas sobre o que aconteceu

08/02/2021 - 10h46 - Atualizada em: 08/02/2021 - 13h33

Compartilhe

Redação
Por Redação Santa
Menino tinha 7 anos na época do desaparecimento
Menino tinha 7 anos na época do desaparecimento
(Foto: )

Perto de completar cinco anos, o sumiço do menino Ícaro Alexandre Pereira segue sem solução. A criança tinha 7 anos quando desapareceu no dia 9 de fevereiro de 2015. Mesmo com investigações em duas delegacias diferentes, a Polícia Civil não tem pistas do que aconteceu.

> Entre no grupo do Santa e receba notícias por WhatsApp

Segundo as investigações, Ícaro estava sozinho no apartamento da família em Balneário Camboriú no dia do desaparecimento. O menino teria ficado ali enquanto os pais trabalhavam. O sumiço foi notado por volta das 18h.

O caso segue em aberto na Delegacia de Polícia de Pessoas Desaparecidas (DPPD). Ao G1 SC o diretor do núcleo em Camboriú, Manuel Mafra, disse que são analisadas as hipóteses da criança ter sido raptada e levada a outro estado ou país.

— Nós vamos acreditar nessa hipótese, nós vamos buscar divulgar o máximo possível em outros países, nós vamos buscar uma pista, porque a polícia trabalha com investigação e informação — afirmou.

Relembre o caso 

A família de Ícaro veio de São Paulo para o litoral de SC cerca de seis meses antes do desaparecimento. No dia do sumiço, o menino vestia uma camisa verde e uma bermuda quadriculada azul e branca.

O único suspeito do desaparecimento foi o padrasto do menino. Ele chegou a ser preso em março de 2015, mas foi liberado um mês depois por falta de provas. Câmaras de monitoramento próximas ao bairro foram analisadas, mas não trouxeram respostas. 

*Com informações do G1 SC

Leia mais:

Nova fase da vacinação contra a Covid-19 em Blumenau inclui academias

Alunos voltam às salas de aula em SC nesta segunda-feira depois de quase 11 meses

Em segredo, empresário de Blumenau planta 70 ipês-amarelos em espaço público

Colunistas