nsc
    dc

    Mais imunizantes

    Dois milhões de doses da vacina de Oxford/AstraZeneca chegam ao Brasil nesta terça

    Rótulos em português serão colocados nas ampolas pela Fiocruz e doses devem ser distribuídas para os Estados na quarta-feira (24)

    23/02/2021 - 09h17 - Atualizada em: 23/02/2021 - 09h20

    Compartilhe

    Maria Eduarda
    Por Maria Eduarda Dalponte
    Segunda remessa de doses da AstraZeneca chegam ao Brasil nesta terça
    Segunda remessa de doses da AstraZeneca chegam ao Brasil nesta terça
    (Foto: )

    Um avião com 2 milhões de doses da vacina de AstraZeneca/Oxford chegou em São Paulo, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na manhã desta terça-feira (23), por volta das 6h30.

    O voo com as vacinas produzidas pelo Instituto Serum, parceiro da AstraZeneca na Índia e maior produtor mundial de imunizantes, partiu na madrugada de segunda de Mumbai. Agora as doses seguem para o Rio de Janeiro, diretamente para o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz).

    > Monitor da vacina: acompanhe os dados de imunização em SC atualizado diariamente 

    > Regiões de Xanxerê e Florianópolis registram maior índice de vacinados contra covid-19 por mil habitantes

    No Instituto, as vacinas passam por conferência de temperatura, qualidade e segurança da carga. As ampolas também recebem etiquetas com informações em português e algumas amostras são encaminhadas para análise e liberação pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS/Fiocruz).

    A logística de distribuição fica por parte do Ministério da Saúde, por meio do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19. As doses da AstraZeneca devem ficar prontas para serem enviadas aos Estados brasileiros na madrugada de quarta-feira (24). Santa Catarina ainda não recebeu a informação sobre a quantidade de doses a serem enviadas para o Estado ou sobre a data de chegada desses imunizantes.

    Produção própria e importação da AstraZeneca

    A importação de doses prontas é uma estratégia paralela à produção de vacinas acertada entre a AstraZeneca e a Fiocruz. Para acelerar a disponibilidade de vacinas à população, 2 milhões de doses já foram trazidas da Índia em janeiro e está previsto um total de 10 milhões de doses prontas a serem importadas. Além dos 2 milhões que chegaram nesta terça ao país, mais 8 milhões estão previstas para os próximos dois meses.

    > Vacinar todos sem esperar a segunda dose garante a formação de anticorpos, diz imunologista

    A Fiocruz também trabalha na produção local das vacinas Oxford/AstraZeneca. Segundo o acordo com a farmacêutica anglo-sueca, a fundação brasileira vai produzir 100,4 milhões de doses de vacinas até julho, a partir de um ingrediente farmacêutico ativo (IFA) importado.

    A primeira remessa desse insumo já chegou ao Bio-Manguinhos e o primeiro milhão de doses produzido na Fiocruz tem entrega prevista para o período de 15 a 19 de março. Os dois primeiros lotes serão liberados internamente nos próximos dias para testes e estabelecimento dos parâmetros de produção.

    > Veja o mapa de evolução do coronavírus em SC

    Além da produção própria com IFA importada, a Fiocruz trabalha no processo de transferência de tecnologia para a produção do IFA no Brasil. Assim, a fundação será autossuficiente na produção das vacinas, sem precisar importar matéria-prima. A previsão é que as primeiras doses com IFA nacional sejam entregues ao Ministério da Saúde em agosto, e, até o fim de 2021, seja possível entregar 110 milhões de doses, elevando o total produzido no ano pela Fiocruz para 210,4 milhões.

    *Com informação da Agência Brasil e supervisão de Raquel Vieira

    Leia também

    SC tem o menor índice de isolamento social desde o início da pandemia do coronavírus

    Estado terá medidas contra o coronavírus: restrições serão definidas nesta terça

    "A emergência virou UTI improvisada": o relato do colapso em hospital do Oeste de SC

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas