Aos 56 anos, Silvia Cristina Lueders se tornou a vencedora do Concurso de Jardins de Blumenau em 2023. A moradora do bairro Itoupava Norte revela, no entanto, que o amor pelas plantas já vem sendo cultivado desde a infância, quando ainda era apenas uma criança. Por isso, hoje em dia, colocar as mãos na terra virou o passatempo favorito da mulher que não cansa de mudar os vasos de lugar na própria casa.

Continua depois da publicidade

Muito pelo contrário: ela considera uma espécie de terapia para si.

Inscreva-se e receba notícias pelo WhatsApp do Vale do Itajaí

Acostumada a participar de competições nessa área há cerca de 30 anos — e ganhar diferentes prêmios por isso — Silvia explica que sempre esteve em contato com a jardinagem por influência da mãe e da avó, que também são apegadas às flores.

Assim, esse carinho e cuidado acabou sendo transmitido de geração para geração e não teve como a blumenauense ignorar o dom já colocado em prática pelos antepassados.

Continua depois da publicidade

— Minha brincadeira de criança favorita era fazer uma competição de plantas com a minha prima — relembra, achando graça da situação.

A mãe de Silvia, dona Miria Gamba Heidorn, continua atenta ao jardim de casa, também em Blumenau, no auge dos 83 anos, por exemplo. É o que conta a filha, que diz ter herdado todo esse afeto pelas plantas das matriarcas da família.

Jardim da Silvia, em Blumenau (Foto: Eraldo Schnaider, Divulgação)

Como resultado, ela cultiva um jardim colorido e com uma variedade de encher os olhos, dentro e fora dos portões. A organização também surpreende, onde cada folhagem parece preencher um canto ideal da casa. Mas Silvia admite que não leva muito tempo até enjoar da decoração e mudar tudo de lugar.

— Estou sempre mexendo em algo e, quando chove, dá uma tristeza porque não consigo estar no meu jardim. Fico depressiva porque é como uma terapia diária para mim — confessa a blumenauense.

Continua depois da publicidade

Neste ano, a quinta edição do Concurso de Jardins atingiu o recorde de participações, com 25 candidatos. Da última vez, em 2021, foram feitas modestas 10 inscrições, sendo que o vencedor foi de uma casa no bairro Fidélis. A meta da prefeitura, conforme antecipou o colunista Pedro Machado, era superar o número de dois anos atrás.

O que, de fato, se concretizou nesta edição.

Jardim vencedor da última edição, em 2021 (Foto: Prefeitura de Blumenau, Divulgação)

Os avaliadores do concurso julgaram características como a beleza, vigor e o estado das plantas, além da harmonia entre elas com os demais elementos do jardim, considerando cores, tamanhos e disposições. A diversidade de espécies também pesa a favor.

Como prêmio, o vencedor fica isento do pagamento do IPTU em 2024.

— Desde muito cedo que cultivo este hobby e assim sou feliz, fazendo o que gosto, plantando e cuidando do meu jardim e das minhas flores — conclui a ganhadora.

Veja fotos do jardim que ganhou o concurso neste ano

Continua depois da publicidade

*Sob supervisão de Augusto Ittner

Leia também

Figueira preservada em escola vira lar de corujas em SC e cuidado das crianças encanta

Garis de Itajaí ganham café de Natal dos moradores em tradição de quase uma década

Publicidade

Além de muita informação relevante, o NSC Total e os outros veículos líderes de audiência da NSC são uma excelente ferramenta de comunicação para as marcas que querem crescer e conquistar mais clientes. Acompanhe as novidades e saiba como alavancar as suas vendas em Negócios SC

Destaques do NSC Total