nsc
hora_de_sc

É FAKE

É falso que variante delta do coronavírus não provoca febre nem tosse

Mesma mensagem fala sobre letalidade de variante e sobre exames para diagnóstico de Covid

09/07/2021 - 05h00 - Atualizada em: 13/07/2021 - 14h03

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
Informações foram desmentidas por especialistas em doenças infecciosas, como a Covid
Informações foram desmentidas por especialistas em doenças infecciosas, como a Covid
(Foto: )

A mensagem que circula nas redes sociais divulgando que a variante delta do coronavírus não provoca tosse nem febre é falsa. Os sintomas variam na nova linhagem, conforme apontado no estudo Zoe Covid Symptom do Reino Unido, mas não é possível afirmar que ela não provoca altas temperaturas ou tosse nos doentes.

Receba as principais notícias de Santa Catarina no WhatsApp

As mudanças que já foram notadas são a perda de olfato e de paladar, que deixaram de ser citadas entre os dez principais sintomas mais frequentes. A febre, no entanto, continua como um sintoma bastante comum aos infectados pela variante. 

Além disso, a mensagem é assinada sem qualquer selo em nome de uma cooperativa de saúde. No site da instituição a mesma mensagem não foi encontrada pela reportagem. Ao contrário. Nas orientações sobre o coronavírus, na aba sintomas, a cooperativa descreve que, entre os sintomas mais comuns estão a febre e a tosse e que algumas pessoas apresentam apenas sintomas muito leves ou quase imperceptíveis, sem discriminar as variantes.

Infectologista da Sociedade Brasileira de Infectologia, Leonardo Weissmann, disse ao G1 que os pacientes com a variante delta apresentam um quadro de sintomas parecido com o de gripe. Portanto, ocorre febre e tosse, assim como dor de garganta, de cabeça, no corpo e mal-estar.

- Então, é falsa informação de que esse paciente com variante delta não apresenta tosse e febre - enfatiza. 

A mesma mensagem ainda diz que a variante é mais "virulenta" e "mortal", o que não seria totalmente verdadeiro, de acordo com o especialista.

- O que acontece é que essa variante delta é mais contagiosa, mais transmissível e, com isso, mais pessoas podem ser infectadas, ficar doentes e evoluir a óbito. Não que essa variante seja mais letal e mate mais - esclareceu ao G1. 

A mensagem, que ainda propaga informações inverídicas sobre os testes PCR, feito no nariz, tem um único ponto considerado verdadeiro, no final, onde fala sobre a importância de manter os cuidados.

É falso que irmãos Miranda forjaram recibos da compra da Covaxin para prejudicar Bolsonaro

- É necessário continuar com distanciamento físico, uso de máscara para todas as pessoas, manter ambientes arejados e higiene frequente das mãos. Não é momento ainda para abraços e beijos - concluiu Weissmann.

Um segundo especialista ouvido também pelo G1, o infectologista e professor da Escola de Medicina da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), explicou que a febre pode ser um sintoma não encontrado em mais da metade dos pacientes contaminados, mas nem por isso significa que a doença não provoca temperaturas elevadas em doentes de Covid. 

O que são as variantes do coronavírus e como elas impactam Santa Catarina

- Você até pode ter ausência de febre, uma coriza leve uma irritação na garganta. E há uma evolução mais abrupta e com o paciente tendo, muitas vezes, complicações já no 8º ou 9º dia de internamento. Mas isso vai depender muito do sistema imunológico dele. Cada pessoa pode responder de formas diferentes quando infectada por essa cepa delta - esclareceu. 

Leia também

Universidade de Oxford não encontrou ‘fortes indícios’ da eficácia da ivermectina contra a covid

Tuíte engana ao sugerir que Bolsonaro recusou oferta anterior da Pfizer para conseguir mais vacinas

Vacina contra covid não tem efeito magnético

É falsa mensagem que pede dados para agendar vacinação da Covid em SC pelo WhatsApp

Colunistas