Após a eliminação do JEC/Krona Futsal nas semifinais do Campeonato Catarinense para o Tubarão, neste domingo (11), o diretor do departamento de futsal do JEC, Valdicir Kortmann, disse que é ‘lamentável’ a equipe cair dessa forma na competição. Atualmente, o Tricolor conta com o maior investimento do estado na formação da equipe e a expectativa criada era de, no mínimo, chegar às finais. Em entrevista à CBN Joinville, o dirigente não escondeu o sentimento de tristeza.

Continua depois da publicidade

Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

— Frustra muito, temos que pedir desculpas […]. Uma equipe que investe como a nossa, precisa estar numa final. No esporte nem sempre quem mais investe acaba conquistando os títulos, mas precisa brigar mais por esses títulos — destacou.

Valdicir não apontou culpados para as eliminações precoces na temporada. Vale lembrar que a equipe participou neste ano de três competições e terminou com apenas um título: a Taça Brasil de Clubes, conquistada dentro de casa em setembro. Fora isso, o JEC/Krona foi eliminado da Liga Nacional ainda nas quartas de final para o Corinthians e, agora, cai nas semis do Estadual. O diretor avaliou que o trabalho fora de quadra é bem feito pelo staff, mas chamou a atenção para dentro das quatro linhas, apontando que em alguns momentos a displicência fez com que os objetivos não fossem alcançados.

— Me preocupa um pouco essa situação de que aparentemente o jogo fosse se resolver a qualquer momento. O jogo é pra ser jogado! Não dá pra entrar de salto e pensar que a gente vai resolver o jogo a qualquer momento — apontou Kortmann.

Continua depois da publicidade

Novo técnico

Para 2023, o JEC/Krona Futsal terá um novo comandante. Cassiano Klein, atual treinador do Cascavel-PR, foi o escolhido para comandar o Tricolor na próxima temporada. O técnico de 40 anos de idade chega em janeiro à Joinville após uma boa passagem pelo time paranaense. Sob seu comando, a “Serpente” foi bicampeã estadual, campeã da Liga Nacional em 2021 e campeã da Taça Libertadores da América 2022. Valdicir Kortmann se mostrou empolgado com o acerto.

— Não tenho dúvida em dizer que [o Cassiano] é o melhor técnico do Brasil, pra justamente nesse momento que precisa até mexer com os brios dos atletas — comentou.

Apesar de um novo treinador, a comissão técnica inteira já está renovada para 2023. Inclusive o auxiliar técnico, Vandré da Costa, permanece na função e também como treinador da equipe sub-21. Além disso, o JEC deve anunciar nos próximos dias um pacotão de reforços para a temporada 2023. Segundo Kortmann, a equipe terá um novo perfil e o torcedor pode continuar tendo esperanças de grandes títulos. Com chegadas previstas, algumas saídas também deverão ser confirmadas pelo Tricolor: Genaro (Sorocaba); Daniel (Carlos Barbosa) e Daniel Shiraishi (Corinthians).

Leia também

JEC/Krona só empata com o Tubarão e cai na semifinal do estadual

Galvão Bueno não poupa críticas à Seleção por desempenho na Copa: “Faltou liderança”

Em carta aberta, Neymar agradece Tite e exalta treinador: “Um dos melhores que eu já tive”

Continua depois da publicidade

Destaques do NSC Total