nsc
dc

ECLIPSE

Eclipse solar pôde ser visto em Santa Catarina

Evento começou nesta segunda-feira (14) às 12h

14/12/2020 - 09h59 - Atualizada em: 14/12/2020 - 17h52

Compartilhe

Por Agência Brasil
Eclipse solar será visto em toda região Sul
Eclipse solar será visto em toda região Sul
(Foto: )

Um eclipse solar pôde ser parcialmente visto nesta segunda-feira (14) no Brasil. Em Santa Catarina, ao menos dois registros foram feitos da lua cobrindo o sol, em Itajaí e Florianópolis (veja um vídeo abaixo). 

De acordo com o professor do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e coordenador do projeto Astro&Física, Marcelo Schappo, quanto mais ao Sul a observação, maior área encoberta.

> SC libera hotéis com capacidade máxima para a temporada de verão com Covid-19

Onde observar

O físico explica que eclipses são resultado de alinhamentos. No caso do fenômeno de desta segunda, o alinhamento é entre o Sol, a Lua e a Terra. 

— Veremos a Lua passando em frente ao Sol, obscurecendo uma parte do disco solar. O horário e a duração do eclipse depende do local onde a pessoa esteja. No Brasil, será mais ou menos entre 12h30 e 15h, no horário de Brasília. Quanto mais ao sul do Brasil, maior o encobrimento. Na Região Sul, cobrirá entre 40 e 60%. Em Brasília, cerca de 10%. Em algumas localidades da Argentina e do Chile ele será total — informa Schappo.

> Entre no grupo do NSC Total para receber notícias no seu WhatsApp

De acordo como o Observatório Nacional, o eclipse solar desta segunda poderá ser visto em boa parte da Região Centro-Oeste e em uma pequena parte das regiões Norte e Nordeste, mas será visível em todo Sul e Sudeste brasileiro, desde que o céu não esteja encoberto.

> Municípios negociam para garantir vacina russa em SC

Veja abaixo a porcentagem de cobertura (eclipsagem) do sol pela lua em algumas capitais brasileiras*:

Porto Alegre (RS) - 54%

Florianópolis (SC) - 45%

Curitiba (PR) - 37%

São Paulo (SP) - 31%

Como visualizar

Schappo alerta que a observação não deve ser feita nem a olho nu, nem com óculos escuros, chapas de Raio X ou filmes fotográficos porque a claridade e o calor do Sol podem danificar seriamente a retina dos observadores.

— Quem quiser fazer a observação deve procurar, em lojas de ferragens ou de materiais de construção, o chamado vidro de solda, e a tonalidade desse vidro deve ser, no mínimo, 14. É esse vidro que deve ser colocado na frente dos olhos para fazer a observação do Sol — sugere Schappo.

> Assine nossa newsletter sobre coronavírus

O físico sugere que as pessoas interessadas em fazer a observação busquem aplicativos como o Stelarium ou o Google Skymap, para saber, de forma precisa, o horário em que o eclipse será visível em sua região. 

Uma live será realizada nesta segunda-feira (14) pela equipe do Café e Ciência. 

Confira ao vivo:

LIVE

ECLIPSE SOLAR - transmissão ao vivo

Dica caseira

É possível utilizar um escorredor de macarrão ou de arroz que possua furos no formato de círculos. Na verdade, qualquer objeto que possua um furo no formato de círculo, podendo até ser feito numa folha de papel com um simples furar de agulha, pode ser utilizado. Daí é só projetar no chão e pronto!

*Informações a partir da porcentagem são de Climatempo.

Leia também

> Bares foram interditados e festas clandestinas encerradas pela PM na Serra

> Jornal argentino coloca Florianópolis entre destinos não recomendados no verão com coronavírus

> De olho em 2021, Oktoberfest Blumenau começa a renovar contratos com fornecedores

Colunistas