nsc

Estadual de Futsal

Mais eficiente, Jaraguá vence o JEC Futsal e está em vantagem na final do Estadual

No primeiro jogo da decisão, time de Jaraguá do Sul aproveitou as chances em casa e venceu por 4x0. Jogo da volta será terça, em Joinville

19/12/2021 - 15h42 - Atualizada em: 20/12/2021 - 07h07

Compartilhe

Jota
Por Jota Deschamps
JEC Futsal perde a primeira partida das finais do Estadual 2021.
JEC Futsal perde a primeira partida das finais do Estadual 2021.
(Foto: )

O maior clássico do futsal brasileiro que decide o Campeonato Catarinense 2021 teve de tudo: gols, belos lances, belas defesas, confusão, expulsões e um time em vantagem: o Jaraguá Futsal está a um empate do título. A equipe venceu o JEC/Krona neste domingo (19) por 4x0 na Arena Jaraguá, derrubando a invencibilidade tricolor que ainda não sabia o que era uma derrota na competição, e agora pode empatar no jogo da volta que fica com o título. A partida decisiva é na terça-feira (21), no Centreventos Cau Hansen. 

> ​Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

O JEC/Krona Futsal começou controlando mais a partida, até criou mais chances, mas esbarrou na falta de pontaria e em mais uma tarde inspirada do goleiro João Neto, do Jaraguá, que fez grandes defesas. Jogando diante da sua torcida, o time da casa foi mais eficiente e, ainda na primeira etapa, aproveitou os erros defensivos do Tricolor e abriu 3x0 com Leco, Pett e Torres. No segundo tempo, Pirulito fez o quarto e fechou a conta: Jaraguá 4x0 JEC/Krona.

Como fica?

A partida da volta das finais do Estadual será na terça-feira no Centreventos, às 19h, em Joinville. Com a vitória no jogo da ida, o Jaraguá pode empatar que chegará a sua décima conquista do Catarinense. Já o JEC/Krona Futsal, para conquistar seu oitavo troféu na competição, precisa vencer no tempo normal para a disputa ir para a prorrogação. No tempo-extra não há vantagem para nenhum dos lados, em caso de igualdade, pênaltis. O Tricolor vai contar com a volta do goleiro Willian, que esteve servindo a Seleção Brasileira e não participou desta primeira partida. Em compensação, o técnico Daniel Júnior não vai contar com Dieguinho e Evandro, ambos expulsos. Do lado jaraguaense, Leco é desfalque confirmado, também pelo cartão vermelho.

Confusão generalizada em quadra

Um episódio lamentável chamou a atenção na etapa final do jogo na Arena Jaraguá. Evandro, do JEC, recebeu lançamento por elevação próximo a linha lateral da quadra. Ao tentar o domínio, o fixo Leco, capitão do Jaraguá e ex-jogador do Tricolor, chegou dando um forte tranco no ala do JEC que caiu fora de quadra se chocando com uma cadeira do banco de reservas. O atleta do Joinville levantou e foi pra cima do capitão do Jaraguá para tirar satisfação. 

Capitão do Jaraguá, experiente Leco perdeu a cabeça e partiu para cima do árbitro Juliano Vinicius Ramos em quadra.
Capitão do Jaraguá, experiente Leco perdeu a cabeça e partiu para cima do árbitro Juliano Vinicius Ramos em quadra.
(Foto: )

Outros jogadores dos dois times invadiram a quadra e uma confusão se formou. No lance, a arbitragem acabou expulsando o goleiro reserva do Jaraguá e ainda Evandro, do JEC/Krona e o fixo Leco. Ao ver o cartão vermelho, o experiente jogador da equipe jaraguaense ficou inconformado e partiu para cima do árbitro Juliano Vinicíus Ramos. Após correr parte da quadra e cercar a arbitragem, o policiamento interviu e evitou mais cenas lamentáveis. A confusão demorou alguns minutos para ser contornada, com a presença dos jogadores, comissões técnicas e até membros do staff das equipes em quadra. Após a partida, Leco reconheceu que errou ao partir para cima da arbitragem.

Leia mais:

> 'Uma final muito dura', projeta técnico do JEC Futsal antes de duelo contra Jaraguá

> Capitão do Jaraguá Futsal, Leco diz que time vai 'no coração e na raça' contra o JEC na final do Estadual

Colunistas