nsc
    dc

    Campanha

    Eleições 2020: como será o horário eleitoral nas maiores cidades de SC

    Propaganda no rádio e na TV começa nesta sexta-feira (9) e segue até o dia 12 de novembro

    08/10/2020 - 12h28

    Compartilhe

    Lucas
    Por Lucas Paraizo
    Propaganda eleitoral
    Na televisão serão dois blocos de 10 minutos, um às 13h e outro às 20h30min
    (Foto: )

    A propaganda dos candidatos das eleições 2020 na TV e no rádio começa nesta sexta-feira (9) e segue até o dia 12 de novembro para o primeiro turno. Com programas diários de segunda-feira a sábado, o horário eleitoral terá dois programas diários seguindo o modelo tradicional.

    > Em site especial, saiba tudo sobre as eleições municipais 2020

    Serão dois blocos de 10 minutos com espaço somente para os candidatos a prefeito. Na TV a exibição será das 13h às 13h10min e das 20h30min às 20h40min. No rádio, os blocos serão transmitidos das 7h às 7h10min e das 12h às 12h10min.

    > Eleições 2020 em Santa Catarina: saiba tudo sobre a votação

    Além do horário eleitoral gratuito, há a reserva de 70 minutos diários para a propaganda de candidatos em inserções de 30 e 60 segundos durante a programação. As inserções podem ocorrer das 5h até as 24h, conforme as regras do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A divisão do tempo para cada partido é feita com base em um cálculo da representação da sigla no Congresso Nacional.

    Veja como será a divisão do horário para cada candidato nas cidades com mais eleitores de Santa Catarina:

    *A ordem das propagandas foi definida em sorteio e baseia apenas o primeiro dia de transmissão.

    Florianópolis

    Na Capital o tempo de TV será quase monopolizado por três dos 10 candidatos. Ângela Amin (Progressistas), Elson Pereira (PSOL) e Gean Loureiro (DEM) terão mais de dois minutos cada, ocupando mais de 70% do horário eleitoral. Pedrão (PL), que na primeira pesquisa do Ibope também aparece no primeiro bloco, terá 51 segundos para mostrar seu plano de governo. Os outros candidatos dividem tempos curtos de 30 segundos ou menos. Gabriela Santetti (PSTU) e Jair Fernandes (PCO) não terão tempo no horário eleitoral por causa da falta de representatividade dos partidos no Congresso.

    Hélio Bairros (Patriota) - 24 segundos

    Elson Pereira (PSOL) - 2 minutos e 30 segundos

    Ricardo Vieira (Solidariedade) - 34 segundos

    Pedrão Silvestre (PL) - 51 segundos

    Alexander Brasil (PRTB) - 18 segundos

    Orlando Silva (Novo) - 16 segundos

    Gean Loureiro (DEM) - 2 minutos e 14 segundos

    Ângela Amin (Progressistas) - 2 minutos e 50 segundos

    Joinville

    Com 15 candidatos a prefeito, Joinville terá o horário eleitoral mais dividido do Estado. Com uma coligação formada por partidos tradicionais, Darci de Matos (PSD) garantiu o maior espaço, com dois minutos e 30 segundos. Depois dele, somente Fernando Krelling (MDB) e Assis (PT) conseguiram mais de um minuto de TV e rádio. Das 15 candidaturas, três ficarão sem espaço no horário eleitoral: Eduardo Zimmermann (PTC), Levi Rioschi (DC) e Adriano Mesnerovicz (PSTU).

    Anelisio Machado (Avante) - 12 segundos

    James Schroeder (PDT) - 35 segundos

    Adriano Silva (Novo) - 13 segundos

    Darci de Matos (PSD) - 2 minutos e 30 segundos

    Nelson Coelho (Patriota) - 14 segundos

    Marcucci (Republicanos) - 37 segundos

    Ivandro de Souza (Podemos) - 54 segundos

    Mayara Colzani (PSOL) - 15 segundos

    Fernando Krelling (MDB) - 1 minuto e 43 segundos

    Assis (PT) - 1 minuto e 13 segundos

    Dalmo de Oliveira (PSL) - 1 minuto

    Tania Eberhardt (Cidadania) - 27 segundos

    ​> Confira os candidatos a prefeito em 8 cidades de SC

    Blumenau

    No Vale do Itajaí a divisão repartiu o horário eleitoral por baixo, com a maior fatia de apenas 2 minutos e 16 segundos para o atual prefeito, Mário Hildebrandt (Podemos). Seguido por João Paulo Kleinübing com 1 minuto e 54 segundos e Ricardo Alba (PSL) com 1 minuto e 13 segundos de rádio e TV. As candidaturas de João Natel (PDT) e Ana Paula Lima (PT) terão pouco mais de um minuto, enquanto todas as outras ficam na casa dos segundos. Apenas Jairo Santos (PRTB) ficará de fora do horário eleitoral.

    Odair Tramontin (Novo) - 13 segundos

    Ricardo Alba (PSL) - 1 minuto e 38 segundos

    Mário Hildebrandt (Podemos) - 2 minutos e 16 segundos

    Mario Kato (PCdoB) - 16 segundos

    Ivan Naatz (PL) - 40 segundos

    João Natel (PDT) - 1 minuto e 09 segundos

    Ana Paula Lima (PT) - 1 minuto e 07 segundos

    Wanderlei Laureth (Avante) - 12 segundos

    João Paulo Kleinübing - (DEM) - 1 minuto e 54 segundos

    Débora Arenhart (Cidadania) - 13 segundos

    Georgia Faust (PSOL) - 16 segundos

    SC terá 912 candidatos a prefeito e quase 20 mil a vereador nas eleições 2020

    Chapecó

    Na maior cidade do Oeste catarinense, João Rodrigues (PSD) terá a maior parcela do horário eleitoral, com três minutos e 27 segundos, quase um minuto a mais que o segundo na lista, o candidato Vignatti (PSB). Os dois vão dominar o tempo de rádio e TV, seguidos por Marcio Sander (PSDB) e Leonardo Granzotto (Patriota), que terão pouco mais de um minuto. Todos os sete candidatos na cidade terão algum espaço para divulgar as propostas.

    Vignatti (PSB) - 2 minutos e 35 segundos

    João Rodrigues (PSD) - 3 minutos e 27 segundos

    Marcio Sander (PSDB) - 1 minuto e 01 segundo

    Leonardo Granzotto (Patriota) - 1 minuto e 26 segundos

    Luciane Stobe (PTB) - 20 segundos

    Cleiton Fossá (MDB) - 47 segundos

    Professor Antônio (PSOL) - 20 segundos

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Política

    Colunistas