nsc
dc

Educação na pandemia

Enem 2020: o que fazer se o participante estiver com Covid-19

Provas impressas ocorrem nos dias 17 e 24 de janeiro; a versão digital será realizada em 31 de janeiro e 7 de fevereiro

06/01/2021 - 13h00

Compartilhe

Maria Eduarda
Por Maria Eduarda Dalponte
Enem terá data para reaplicação da prova
Enem terá data para reaplicação da prova
(Foto: )

O Enem 2020 conta com três datas para aplicação da prova. A primeira será para a realização do exame impresso; a segunda para a prova online, novidade deste ano; e a terceira para a reaplicação do exame. Os candidatos podem participar da reaplicação do Enem 2020 em dois casos: quando for afetado por problemas logísticos ou se estiver com uma doença infectocontagiosa, como a Covid-19. 

> Enem 2020: estudantes podem consultar data, hora e local de prova

> Enem não será usado para vagas do 1º semestre do Sisu, decide Ministério da Educação

Datas de aplicação do Enem

17 e 24 de janeiro - Prova Impressa

31 de janeiro e 7 de fevereiro - Enem Digital

24 e 25 de fevereiro - Exame para pessoas privadas de liberdade e Reaplicação

Quem pode participar da reaplicação da prova

Covid-19

O participante que estiver com uma doença infectocontagiosa deverá comunicar sua condição na Página do Participante até um dia antes da aplicação do Exame. O Inep fará uma análise para aprovar ou reprovar a participação do candidato na reaplicação da prova.

Além da Covid-19, o Inep considera outras doenças infectocontagiosas, sendo elas Coqueluche, Difteria, Doença Invasiva por Haemophilus Influenza, Doença Meningocócica e outras meningites, Varíola, Influenza humana A e B, Poliomielite por poliovírus selvagem, Sarampo, Rubéola e Varicela.

> Painel do Coronavírus mostra a evolução da pandemia em SC

Na Página do Participante o candidato deve anexar um documento legível, de até 2MB em PDF, PNG ou JPG, que comprove a doença. Segundo o edital, o documento deve conter:

• Nome completo do participante; • Diagnóstico com a descrição da condição que motivou a solicitação; • Código correspondente à Classificação Internacional de Doença (CID 10); • Assinatura e identificação do profissional competente e seu registro do Conselho Regional de Medicina (CRM), do Ministério da Saúde (RMS) ou de outro órgão; • A data de atendimento.

Se o diagnóstico ocorrer no dia da aplicação, o participante além de enviar a documentação na Página, deverá entrar em contato com o 0800 616161 e relatar sua condição para agilizar a análise do Inep. Se o documento for aprovado, o candidato poderá participar da reaplicação do Exame em fevereiro.

> Quarentena traz desafios a estudantes e professores na preparação para o Enem

O participante que tiver indisposição ou problemas de saúde durante a aplicação da prova e precisar sair do local do exame não poderá retornar à sala de provas, nem solicitar a reaplicação.

Problemas Logísticos

O participante afetado por problemas logísticos durante a aplicação poderá solicitar a reaplicação do Exame em até cinco dias após o último dia de aplicação, 24 de janeiro ou 7 de fevereiro, a depender da modalidade escolhida. O candidato deve entrar na Página do Participante e fazer a solicitação.

Os problemas logísticos podem ser desastres naturais (que prejudiquem a aplicação do Exame devido ao comprometimento da infraestrutura do local), falta de energia elétrica, falha no dispositivo eletrônico fornecido ao participante ou erro do aplicador que traga prejuízo ao candidato.

 Os casos serão julgados individualmente pelo Inep. A aprovação ou a reprovação da solicitação deve ser consultada na Página do Participante. O candidato que puder realizar a reaplicação, independente da modalidade escolhida no primeiro momento, realizará a prova de maneira impressa nos dias 24 e 25 de fevereiro, em local a ser divulgado.

Cuidados na hora da prova

O candidato deverá estar em frente a sua sala de provas até às 13h e precisará respeitar o distanciamento entre as pessoas. Durante o procedimento de identificação do participante, antes de entrar na sala, o candidato deverá retirar a máscara de proteção à Covid-19, sem tocar sua parte frontal. Após o processo, o participante deve colocar a máscara, higienizar as mãos e entrar na sala.

A máscara deve cobrir totalmente o nariz e a boca do participante, desde a sua entrada até sua saída do local de provas. Caso o candidato esqueça a máscara, ele deverá esperar no lado de fora do local do Enem até conseguir o utensílio. O participante poderá levar máscara reserva para troca durante a aplicação.

> MP recorre à Justiça e diz que ocupação hoteleira vai prejudicar volta às aulas

> Excesso de videoconferências afeta saúde mental, dizem psiquiatras

Para organizar a logística do dia da prova, os candidatos já podem acessar o Cartão de Confirmação de Inscrição do Enem na Página do Participante. No documento contém o número de inscrição, o local de prova (endereço, número e sala); as datas e horários do exame; a opção de língua estrangeira escolhida durante a inscrição; e o tipo de atendimento específico/especializado com recursos de habilidades aprovado, caso tenha sido solicitado.

*Com supervisão de Raquel Vieira

Colunistas