nsc
dc

Atenção

Litoral de SC tem alerta para vento forte, mar "muito agitado" e ressaca, diz Epagri

Entre esta terça (20) e sexta-feira (23), ondas podem chegar a quatro metros; maior risco é para o Sul de Florianópolis

20/04/2021 - 09h18 - Atualizada em: 20/04/2021 - 10h14

Compartilhe

Fernanda
Por Fernanda Mueller
Sul de Florianópolis é a área com mais risco de mar agitado e ressaca
Sul de Florianópolis é a área com mais risco de mar agitado e ressaca
(Foto: )

O Litoral de Santa Catarina tem alerta para mar muito agitado, com ondas grandes de até quatro metros entre a manhã desta terça (20) e a noite de sexta-feira (23). Segundo a Epagri/Ciram, órgão que monitora as condições meteorológicas do Estado, o risco é maior para praias no Sul de Florianópolis. 

> Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

Áreas próximas da costa e praias de SC têm ainda risco de ressaca, principalmente entre quarta e a noite de sexta-feira. Devido ao mar agitado as condições são desfavoráveis para a navegação de pequenas e médias embarcações.  

Conforme a Epagri, as condições do tempo ficam assim por conta de um ciclone subtropical que cria um centro de baixa pressão no oceano e ficará no mar durante toda a semana. Nesta terça, o fenômeno está mais afastado da costa e as ondas devem ter picos de dois metros em praias de mar aberto. 

Já na quinta-feira, o ciclone se intensificará, chegando mais próximo da costa, e poderá provocar ondas maiores, de com picos entre três e quatro metros. 

Recomendações da Defesa Civil em caso de mar agitado e ressaca 

- Evite navegação e atividade de pesca; 

- Evite tomar banho de mar e práticas esportes náuticos; 

- Evite caminhar ou pedalar na orla, caso as ondas estejam atingindo a ciclovia; 

- Atenção para edificações, infraestruturas e vias em áreas vulneráveis à erosão; 

- Proteja embarcações e objetos de pesca e maricultura.

Leia também

Saiba tudo sobre previsão do tempo na coluna de Leandro Puchalski

Santa Catarina está na segunda região mais propícia a tornados em todo o mundo, diz pesquisa

Nova planta rara nunca vista no mundo é encontrada em Santa Catarina

Colunistas