nsc
nsc

AVENTURA

Escalada, um esporte repleto de desafios e benefícios para todas as idades

No hub do Floripa Tem, na Beira-mar Norte, duas paredes estão disponíveis para o público praticar a modalidade de forma gratuita

10/01/2022 - 08h00

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
Modalidade pode ser praticada de forma gratuita no Hub do Floripa Tem.
Modalidade pode ser praticada de forma gratuita no Hub do Floripa Tem.
(Foto: )

Para quem gosta de se desafiar e é adepto de emoção, o Floripa Tem 2022 está com uma programação especial. Nesta 14ª temporada do projeto que agita a capital catarinense com atividades de lazer e esportes ao ar livre, duas paredes de escalada integram o hub da Beira-mar.

Ofertada de forma gratuita para os moradores e visitantes de Florianópolis, assim como toda a programação do evento, a escalada pode parecer uma modalidade esportiva não tão comum e até mesmo distante de muitas pessoas. Mas o que poucos sabem é que, de acordo com a Federação Internacional de Escalada Esportiva, existem mais de 35 milhões de praticantes do esporte em todo o mundo.

Números estes que aumentaram consideravelmente com a conquista de novos adeptos com a entrada da modalidade nas Olimpíadas do Japão em 2021. Sem falar, é claro, dos inúmeros benefícios para a saúde dos praticantes. De acordo com João Martins, atleta e instrutor, independente da idade do praticante, a escalada apresenta uma série de vantagens tanto para o corpo quanto para as relações sociais e desenvolvimento individual.

— Fisicamente a Escalada desenvolve a força, a resistência e flexibilidade, concentração e coordenação motora, tanto em crianças quanto em adultos. Além disso, ela também trabalha diretamente com a autoestima e com a superação de cada um. A sensação que se tem quando se atinge o topo é única — descreve Martins.

Diferentes modalidades

As práticas de montanhismo e de alpinismo são as precursoras do esporte, com origem atribuída aos franceses Jacques Balmat e Michel Paccard, ao escalarem o Mont Blanc – montanha localizada nos Alpes, na fronteira entre França e Itália, em 1786. Logicamente, de lá para cá, o esporte evoluiu e hoje existem três modalidades distintas: velocidade, boulder e guiada, todas elas disputadas nas Olimpíadas de Tóquio.

Na modalidade de velocidade, é necessário ter agilidade e consagra-se vencedor o atleta que subir mais rápido o paredão. Já na Boulder, o desafio é utilizar a estratégia e o raciocínio para escalar as vias disponíveis. É um trajeto de menor altura, mas de grande dificuldade. Por fim, a escalada guiada faz uso o de corda e que mais se aproxima da tradicional escalada em rocha, na qual o atleta vai passando a corda a cada conjunto de agarras que consegue escalar.

— Por falar em rochas, quando praticada ao ar livre, em meio à natureza, o esporte ainda desenvolve um intenso senso de pertencimento e consciência sobre a importância da preservação do meio ambiente — completa João Martins.

Segurança

As duas paredes disponíveis no hub do Floripa Tem possuem aproximadamente 6 e 8 metros e são similares às utilizadas em treinos indoor. Todos os equipamentos de proteção e segurança ao usuário são utilizados conforme orienta a Federação Internacional de Escalada Esportiva. Após o uso, todos os equipamentos são limpos e higienizados conforme os protocolos de prevenção à Covid-19.

A participação nas Paredes de Escaladas do Floripa Tem é gratuita e está disponível diariamente, das 14h às 21h, até o dia 16 de janeiro. Para saber mais, acesse o @floripatemoficial.

Leia também

Os benefícios do cross training e do yoga para a saúde

Verão: hidratação e alimentação saudável são fundamentais para curtir a estação

Colunistas