nsc
    hora_de_sc

    Saúde

    Estado ativa dez leitos de UTI para pacientes com coronavírus na Grande Florianópolis

    Governo de SC havia prometido abrir 20 vagas até o final da semana. Secretaria diz que além dos 10 novos leitos, outros 40 devem ser criados nas próximas semanas

    17/07/2020 - 17h00

    Compartilhe

    Jean
    Por Jean Laurindo
    Estado e municípios buscam ativar novas vagas de UTI em momento crítico da covid-19 em SC
    Estado e municípios buscam ativar novas vagas de UTI em momento crítico da covid-19 em SC
    (Foto: )

    O governo do Estado ativou nesta sexta-feira (17) 10 dos 50 leitos de UTI prometidos para a Grande Florianópolis. Serão cinco leitos no Hospital Celso Ramos, na Capital, e outros cinco no Instituto de Cardiologia, em São José.

    > Conselho de secretários municipais de Saúde alerta para “iminente colapso” na saúde de SC

    A ativação dos 10 leitos foi comunicada pelo secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, aos prefeitos das quatro maiores cidades da região em reunião virtual na manhã desta sexta.

    Ao longo da semana, em entrevista à CBN Diário, o secretário havia prometido habilitar 20 leitos até o fim da semana, dos quais apenas 10 foram ativados.

    No Entanto, o Estado mantém o plano de entregar 50 leitos a mais para a região, que tinha 77,7% de ocupação dos leitos de UTI até esta quinta-feira, segundo o governo do Estado.

    Para chegar a esse número, além das 10 novas vagas ativadas nesta sexta, o Estado também deve criar mais 20 leitos nas próximas semanas em unidades da rede própria. Além disso, pretende auxiliar municípios da região com equipamentos e ajuda de custeio para ativar outros 20 leitos em hospitais que não são geridos diretamente pelo Estado. Serão 10 leitos no Hospital de Caridade, em Florianópolis, e 10 leitos no Hospital de Biguaçu. Os prazos para a ativação desses leitos não foram divulgados.

    Os novos leitos são ativados na região em um momento de aumento da ocupação de leitos de UTI na Grande Florianópolis e dos casos de covid-19 no Estado. Nesta quinta-feira, o Estado passou de três para sete regiões em nível gravíssimo de risco de contaminação do novo coronavírus, incluindo a região de Florianópolis. 

    No encontro com os prefeitos, o secretário Motta Ribeiro também afirmou aos prefeitos que o Estado abrirá na próxima semana um edital para chamamento de leitos de UTI na rede privada, caso o cenário de avanço da covid-19 aponte essa necessidade na Grande Florianópolis.

    Também nesta sexta-feira o Estado enviou 20 ventiladores pulmonares para os municípios de Lages, na Serra Catarinense, e Rio do Sul, no Alto Vale do Itajaí.

    > Sete regiões estão em nível gravíssimo de risco para coronavírus em SC; veja quais são

    Estado propõe levar pronto-atendimento pediátrico para UPAs

    O secretário de Estado da Saúde também apresentou aos prefeitos a proposta de tirar temporariamente os pronto-atendimentos de pediatria do Hospital Regional e do Hospital Florianópolis para as UPAs da região por um período de 90 dias. O secretário reconheceu que a medida pode provocar transtornos, mas disse que ela permitiria uma ampliação temporária das UTIs. Além disso, retiraria as crianças de ambiente com circulação de pacientes com covid-19.

    > Brasil ultrapassa 2 milhões de casos de coronavírus

    * Com informações da assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Saúde

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas