nsc
    hora_de_sc

    Redes sociais

    "Estamos com você, mito": jovem gamer vítima de racismo recebe apoio nas redes sociais

    12/01/2021 - 16h17 - Atualizada em: 12/01/2021 - 16h27

    Compartilhe

    Por Janaína Laurindo
    Gamer Victor Mito
    Jovem gamer de 13 anos, Victor Mito, tem mais de 25 mil inscritos em seu canal do Youtube
    (Foto: )

    Na tarde desta terça-feira, 12, a hashtag "Estamos com você Mito" ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter, só que dessa vez, ela não foi criada para apoiar o presidente Jair Bolsonaro, a hashtag subiu após internautas criarem uma corrente de apoio ao jovem gamer de 13 anos, Victor Mito, que sofreu ataques racistas.

    > Neymar desarquiva fotos ao lado de Bruna Marquezine e internautas reagem

    Victor é uma dos players da organização Los Grandes, que reúne jogadores Free Fire, e teria sofrido os ataques racistas na última segunda-feira, 11, durante uma live. Em uma conversa com outro player, ele se emociona ao falar sobre o ocorrido e sobre o apoio que recebeu.

    Além do apoio nas redes sociais, Victor também compartilhou em seu Instagram (@mitoffz) mensagens de carinho que recebeu de vários gamers. 

    — 2021 e tem pessoas fazendo racismo com um menino de 13 anos. Que tipo de sociedade é essa? Que tipo de pessoas são vocês? Vocês sabem o que um menino de 13 anos pensa quando é julgado por cor de pele, mano? 2021 GALERA — dizia uma das mensagens.

    > "Soltos em Floripa": segunda temporada do reality show já tem data de estreia

    Victor Mito tem 77,2 mil seguidores no Instagram e mais de 25 mil inscritos em seu canal do Youtube, como muitos jovens de sua idade, sonha em ser um streamer de sucesso.

    A organização da qual o jovem faz parte, a Los Grandes, ainda não se pronunciou sobre o ocorrido, mas tem um posicionamento contra o racismo. Em um caso recente, a organização baniu uma jogadora por um comentário racista. Maria "DUDA22K" foi retirada, em novembro de 2020, após fazer comentários em uma live. Durante o jogo, ela usou a expressão "ai, que preto". Posteriormente ela se justificou, mas teve o contrato reincidido.

    > Big Brother Brasil: confira catarinenses que já participaram do reality show

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Entretenimento

    Colunistas