nsc
hora_de_sc

Violência

Estupro e tortura de homossexual em Florianópolis são investigados pela polícia

OAB emite nota de repúdio e chama a ação de "crime bárbaro"

04/06/2021 - 13h08

Compartilhe

Lucas
Por Lucas Paraizo
Polícia
Caso é mantido em sigilo pela polícia da Capital
(Foto: )

Um caso de estupro e tortura envolvendo um jovem homossexual está sendo investigado em Florianópolis. O crime teria ocorrido na segunda-feira (31) e é mantido em sigilo pela Polícia Civil devido à gravidade da denúncia e ao estado de saúde delicado da vítima.

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

O caso é acompanhado também pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), por meio das Comissões de Direito Homoafetivo e Gênero e do Direito da Vítima. A entidade emitiu uma nota de repúdio ao que chamou de "crime bárbaro", e informou que está prestando apoio à vítima e aos familiares, além de acompanhar a investigação com a polícia.

O rapaz teria sido estuprado e torturado, além de ter dizeres homofóbicos marcados no corpo pelos criminosos. Segundo a OAB, ele segue hospitalizado desde o dia do ato de violência.

Inicialmente o caso foi atendido pela Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (​DPCAMI) de Florianópolis, que na sequência encaminhou a investigação à delegacia responsável pelo bairro onde o crime ocorreu.

Outros detalhes sobre o crime e o andamento da investigação seguem em sigilo para a segurança da vítima.

Leia também

Adolescente que se passou por médica em Florianópolis tirava fotos dos procedimentos do hospital

Mãe e bebê ficam presos em agência bancária de São José; veja vídeo

Colunistas