nsc
hora_de_sc

Imunização

Florianópolis inicia vacinação de crianças contra a Covid-19 neste sábado

Doses serão aplicadas das 12h às 19h em quatro pontos da cidade

14/01/2022 - 10h45 - Atualizada em: 14/01/2022 - 17h16

Compartilhe

Camilla
Por Camilla Martins
Vacina em crianças
Doses devem chegar em Santa Catarina na tarde desta sexta-feira
(Foto: )

A vacinação de crianças contra a Covid-19 será iniciada neste sábado (15), em Florianópolis. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (14) pelo prefeito Gean Loureiro (Democratas), por meio das redes sociais.  

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

De acordo com o prefeito da Capital, neste sábado a vacinação será exclusiva para as crianças de cinco a 11 anos que têm comorbidades, algum tipo de deficiência ou que morem com pessoas do grupo de risco. 

A vacinação vai acontecer das 12h às 19h no Sead, no antigo aeroporto, no Centro de Eventos Luiz Henrique da Silveira, em Canasvieiras e no Centro de Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). 

A vacinação itinerante, que acontece em uma van, das 9h às 16h, no Parque de Coqueiros, não será destinada a crianças, como inicialmente foi informado pela prefeitura. O ponto é de vacina para todos os outros grupos que estão aptos para imunização. 

Para que a criança seja vacinada será necessário apresentar identidade ou certidão de nascimento e CPF ou Cartão Nacional de Saúde (CNS). Para as crianças com comorbidades será preciso apresentar um atestado médico, segundo o modelo disponibilizado no covidômetro. A presença dos pais ou autorização por escrito também é necessária para a vacinação. 

Gean Loureiro disse ainda que as crianças que forem vacinadas irão receber mudas de plantas produzidas no Monumento Natural da Lagoa do Peri e Parque do Córrego Grande. 

Vacinação em crianças em Florianópolis
Anúncio foi feito nesta sexta-feira
(Foto: )

Doses atrasadas 

As 39.800 doses pediátricas que estavam sendo aguardadas no aeroporto de Florianópolis, no início da manhã desta sexta-feira, não chegaram no voo esperado. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), o Ministério da Saúde fez uma alteração de última hora no envio das vacinas. Os imunizantes chegaram em um voo que aterissou às 11h57.  

Apesar do atraso, a SES afirma que não haverá alterações na programação de distribuição das doses pediátricas para os municípios, o que deve acontecer a partir das 7h deste sábado (15).  

De acordo com a estimativa populacional do IBGE 2020, em todo o estado, 642.800 crianças de cinco a 11 anos estão aptas a receber a vacina contra o coronavírus.  

> É falso que comprovante de vacina contra Covid será exigido na matrícula de escolas em SC

Não exigência de receita médica

Em dezembro do ano passado, a Comissão de Intergestores Bipartite (CIB) definiu que a vacinação de crianças em Santa Catarina será feita sem a necessidade de apresentação de receita médica. Para receber o imunizante, a criança deve estar acompanhada pelos pais e/ou responsáveis e será necessário apresentar um documento de identificação. 

Segundo a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive), a vacina que será aplicada nas crianças terá 10 microgramas por dose, equivalente a um terço da fórmula “padrão”. Os imunizantes serão identificados com uma tampa laranja, diferentemente das vacinas utilizadas para pessoas com 12 anos ou mais, que têm uma composição de 30 microgramas por dose e são identificadas com uma tampa roxa.

Leia também

Voo que traria vacinas da Covid para crianças em SC chega apenas com doses contra febre amarela

Participantes do BBB 22 são divulgados nesta sexta; veja em tempo real

Cobertura de R$ 50 milhões em Balneário Camboriú é "disputada" por Cristiano Ronaldo e xeiques árabes

Colunistas