nsc
    santa

    CHUVAS INTENSAS

    Forte chuva destrói casas, empresas e ruas em Guabiruba e cidade começa semana em "alerta máximo"

    Município foi o que teve o maior acumulado de chuva nas últimas 24 horas, de acordo com a Defesa Civil

    25/01/2021 - 09h15

    Compartilhe

    Augusto
    Por Augusto Ittner
    Brenda
    Por Brenda Bittencourt
    Deslizamento e água de ribeirão atingiram imóvel na Rua Carlos Zabel.
    Deslizamento e água de ribeirão atingiram imóvel na Rua Carlos Zabel.
    (Foto: )

    A forte chuva que caiu no início da noite deste domingo (24) em Guabiruba, no Médio Vale do Itajaí, deixou um rastro de destruição em uma parte do pequeno município. Ruas recém-pavimentadas foram destruídas e a água invadiu casas e empresas. A comunidade do bairro Lageado Baixo, o mais atingido, contabiliza o prejuízo enquanto limpa a sujeira causada pela enxurrada.

    > Receba notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Santa

    De acordo com a Defesa Civil do Estado, choveu em 24 horas na cidade o equivalente a 170 milímetros. Para que você, leitor, tenha ideia: isso significa que em cada metro quadrado caiu o equivalente a 170 litros de água das 6h da manhã de domingo até as 6h da manhã desta segunda-feira (25). 

    É mais do que o registrado em Florianópolis (151 milímetros), que enfrentou um fim de semana de caos com mortes e alagamentos.

    A intensidade das chuvas em Guabiruba fez com que o pequeno município de 24 mil habitantes amanhecesse em “alerta máximo” para deslizamentos, conforme protocolo da Defesa Civil — o mesmo que aconteceu com a Capital.

    Essa condição representa a cor roxa nos comunicados do governo do Estado e configura uma situação completamente atípica e de risco aos moradores. O pedido é de que a comunidade fique atenta aos sinais que indiquem escorregamentos — postes e árvores inclinados, movimentos de terra, rachaduras, barulhos de galhos quebrando.

    > Rua vira rio em Guabiruba durante fortes chuvas neste domingo; veja vídeo

    A enxurrada causou ao menos quatro deslizamentos em Guabiruba no início da noite deste domingo. A área mais atingida foi a Rua Carlos Zabel, que virou rio por conta da chuva intensa. Vídeos que viralizaram nas redes sociais mostram a força das águas. Famílias ficaram ilhadas e tiveram de ser resgatadas pelo Corpo de Bombeiros. Ao todo, 18 pessoas foram retiradas de situações de risco em meio à forte correnteza que se formou em plena via.

    Chuva foi tão intensa que levantou as lajotas recém-colocadas na rua.
    Chuva foi tão intensa que levantou as lajotas recém-colocadas na rua.
    (Foto: )

    Imagens feitas pelo fotógrafo do Santa, Patrick Rodrigues, mostram a destruição na cidade de Guabiruba (veja abaixo). Como os moradores foram pegos de surpresa pela intensidade da chuva, muitos não conseguiram se preparar a tempo e agora somam os prejuízos. Móveis e eletrodomésticos foram destruídos. Há, até, quem tenha perdido tudo. Da casa, ao emprego.

    > Previsão do tempo indica risco de temporais nesta segunda-feira em SC

    É o caso de Lucineia Postingel, 32 anos. Moradora do Lageado Baixo, ela e a família viram a enxurrada atingir a residência onde vivem e também a tecelagem de onde tiram o sustento.

    — Estimamos um prejuízo de pelo menos R$ 150 mil. Perdemos todo o maquinário e também a nossa casa. Quando as paredes vieram abaixo, já não tínhamos mais o que fazer. O sentimento de susto, de raiva... Ficamos sem reação, porque nunca tínhamos passado por nada parecido. Agora perdemos tudo e não sabemos como recomeçar — lamenta Lucineia, que mora no local com o pai e os dois filhos.

    Veja fotos

    Máquinas trabalham para remover a lama e permitir acesso a casas no Lageado Baixo.
    Máquinas trabalham para remover a lama e permitir acesso a casas no Lageado Baixo.
    (Foto: )
    Amanhecer de limpeza nas casas às margens da Rua Carlos Zabel, a mais atingida.
    Amanhecer de limpeza nas casas às margens da Rua Carlos Zabel, a mais atingida.
    (Foto: )

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas