O primeiro final de semana da 34ª Festa Nacional do Pinhão, em Lages, na Serra Catarinense, trouxe espetáculos inesquecíveis para milhares de visitantes que passaram pelo Parque de Exposições Conta Dinheiro.

Continua depois da publicidade

Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

No Palco Nacional a banda Corpo e Alma, reconhecida internacionalmente como “Os Reis da Katchaka”, trouxe no show de abertura, na sexta-feira (24), o estilo contagiante e dançante dos grandes bailes. Outra atração da primeira noite de festa foi Simão Wolff, que encantou o público com sua apresentação pioneira no Brasil, que reúne o som do violino com uma banda profissional e mistura repertórios.

Para coroar o sucesso da noite de abertura, o Bailinho da Realeza, uma parceria da AME, empresa realizadora da festa, com a Rádio RC7, celebrou a história das representantes da Festa do Pinhão, reunindo rainhas e princesas que marcaram a história do evento ao longo dos anos. O grande encontro das realezas aconteceu no backstage, sob o comando da DJ Scheila e a banda Neo Brazil.

Na segunda noite da festa uma multidão de fãs enfrentou a noite fria de sábado (25) para conferir os três shows nacionais que marcaram o evento. O público cantou, vibrou e se emocionou com Pedro Libe, Gustavo Mioto e a dupla Jorge e Mateus.

Continua depois da publicidade

Pedro Lipe cantou pela primeira vez em Lages, e destacou a alegria de estar se apresentando na Festa do Pinhão.

— Para mim, cantar num palco tão grande como este é uma realização.

Já a dupla Jorge e Mateus se apresentou pela sexta vez no evento, e como sempre eletrizou o público com suas músicas de sucesso. Encerrando a noite, Gustavo Mioto chegou com sua energia carismática contagiante a multidão, que não arredou o pé da arena principal do Parque de Exposições, até a última música.

Neste primeiro final de semana, os shows do Palco Nativistas também foram marcados pela presença de um grande público, que cantou e dançou fandango gaúcho, ao som de Fabiano Rocha e o Grupo Nova Paixão, Modaço, Trinnca e Grupo Quero-Quero.

Veja fotos da Festa do Pinhão

Continua depois da publicidade

Domingo de entrada é gratuita

O domingo (26) foi de muita diversão e entrada franca para todos os visitantes. Os portões se abriram às 14 horas. A organização explica que o dia é dedicado às famílias. Brinquedos à disposição da garotada motivaram uma tarde de alegria e diversão, na Vila da Criança. E tudo isso gratuitamente.

O evento foi uma oportunidade imperdível para toda a família se reunir, compartilhar momentos de alegria e celebrar juntos essa festa tão especial.

— Queremos ver todas as famílias se divertindo na Vila da Criança, criando memórias que serão lembradas para sempre. Preparem-se para uma aventura emocionante na Vila da Criança da 34ª Festa Nacional do Pinhão — diz o organizador da Festa, Ricardo Avlis.

A partir da noite de domingo, o tom da festa assumiu o ritmo nativista, com as apresentações de Léo Moraes e Grupo Gaúcho, Quarteto Coração de Potro, e a realização da 22ª Sapecada da Serra Catarinense.

Continua depois da publicidade

Leia também

Entenda a dinâmica da Sapecada, festival que faz parte da programação da Festa do Pinhão

O protagonismo de Loma Pereira, única jurada mulher na Sapecada da Canção Nativa

Santa Catarina lança segunda edição da Estação Inverno para promover o turismo do frio

Destaques do NSC Total