nsc
dc

Oeste

Funcionário público é preso no RS após tentar assassinar ex-companheira e namorado dela em SC

Suspeito foi detido enquanto tentava fugir com ajuda do cunhado

23/06/2022 - 17h33

Compartilhe

Luana
Por Luana Amorim
Vítimas receberam atendimento e não correm risco de morte
Vítimas receberam atendimento e não correm risco de morte
(Foto: )

Um funcionário público foi preso após esfaquear a ex-companheira e o namorado dela nesta quarta-feira (22), em Caibi, no Oeste de Santa Catarina. As vítimas receberam atendimento e passam bem, segundo a Polícia Civil. 

Receba notícias do DC via Telegram

O caso ocorreu por volta das 10h, no Centro. De acordo com a polícia, o homem foi até a casa da mulher, de 26 anos, com o carro da Secretaria de Saúde de Riqueza, invadiu o local e começou a golpeá-la com uma faca. O atual namorado dela, de 38 anos, tentou protegê-la, se jogando na frente do agressor, mas também foi atingido. 

Durante o crime, a vítima jogou uma cadeira no agressor que, após os golpes, fugiu do local. Na fuga, de acordo com a polícia, ele teria abandonado a viatura e fugido com outro veículo para Frederico Westphalen, no Rio Grande do Sul. 

Equipes da Polícia Civil de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, além da Polícia Militar e da Brigada Militar gaúcha, realizaram buscas na região e prenderam o homem enquanto ele tentava fugir em um terceirro carro, com a ajuda do cunhado.

O homem foi preso preventivamente e encaminhado à Delegacia de Polícia de Palmitos. Durante o depoimento, segundo a polícia, ele permaneceu calado. Após o interrogatório, ele foi levado ao Presídio de Chapecó.  

O cunhado do suspeito também foi autuado por favorecimento pessoal. 

Segundo o delegado Lucas Almeida, a jovem já tinha uma medida protetiva contra o homem, que não aceitava o fim do relacionamento. Ela teve ferimentos leves e não corre risco de morte.

Já o namorado dela foi esfaqueado várias vezes em diferentes partes do corpo. Ele passou por cirurgia no Hospital de Chapecó e passa bem, segundo a polícia. 

Leia também: 

Grupo com atuação em SC invadia contas bancárias para desviar dinheiro e pagar boletos

Investigado por estuprar enteada durante 11 anos é preso em Joinville

Jovem condenado por estuprar irmã de 3 anos no Oeste de SC é preso

Colunistas