nsc

Operação

Furto de energia elétrica e ocupação irregular estão na mira de operação policial em Florianópolis

Cerca de 70 policiais foram mobilizados em investigações na capital

24/08/2021 - 09h03 - Atualizada em: 24/08/2021 - 09h16

Compartilhe

Juliana
Por Juliana Gomes
Ao menos 70 policiais atuaram nas investigações
Ao menos 70 policiais atuaram nas investigações
(Foto: )

A Polícia Civil cumpre 14 mandados de busca e apreensão e seis mandados de prisão em Florianópolis na manhã desta terça-feira (24). As investigações apuram ocupações irregulares na capital e crimes de associação criminosa, construção irregular, furto de energia elétrica e desobediência ao embargo de obras.

> Receba notícias de Florianópolis e região no seu WhatsApp

Segundo a Polícia Civil, as investigações da Operação Entulho apuram ainda danos ao meio ambiente urbano de Florianópolis. Entre os seis mandados de prisão, cinco são para prisões preventivas e um para prisão temporária. Informações sobre os alvos da operação não foram divulgados até a publicação desta notícia.

Conforme a corporação, apesar do decreto de demolição e do embargo às obras, os construtores ilegais dão continuidade ao crime, com prejuízos ao meio ambiente, à segurança pública, com ocupações irregulares, principalmente no Norte da Ilha.

A operação é da Delegacia de Repressão a Crimes Ambientais (DRCA) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC). Cerca de 70 policiais civis, das delegacias especializadas e alunos do curso de formação da Academia da Polícia Civil (Acadepol) foram mobilizados para as atividades.

Leia também:

Investigação sobre estupro e tortura de jovem em Florianópolis requer complementação, diz MPSC

Terceira dose da vacina contra Covid-19: o que você precisa saber

SC tem 31 cidades com todos adultos vacinados com 1ª dose

Colunistas