nsc
dc

Pandemia

Gabigol é flagrado em aglomeração dentro de cassino clandestino em São Paulo

Jogador do Flamengo estava em um evento com mais de 200 pessoas

14/03/2021 - 09h36

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Gabigol saindo do cassino clandestino após o flagrante da polícia
Gabigol saindo do cassino clandestino após o flagrante da polícia
(Foto: )

O atacante Gabigol, do Flamengo, foi flagrando em uma aglomeração dentro de um cassino clandestino em São Paulo na madrugada deste domingo (14). Ele participava de um evento com aproximadamente 200 pessoas quando a Polícia Civil chegou para fechar o estabelecimento, na zona Sul da capital paulista. As informações são do site Globo Esporte.

> Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

O delegado Eduardo Brotero, supervisor do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos da Divisão Especial de Investigação Criminal, contou que a força-tarefa montada pelo Estado recebeu informações de que haveria uma festa clandestina com aglomeração.

- Ao chegarmos no local, para a nossa surpresa, não se tratava de uma festa clandestina, e sim de um cassino clandestino. Na verdade, bastante grande, com diversas pessoas aglomeradas, se expondo ao contágio novamente - explicou ao GE.com.

Segundo informações da GloboNews, todas as pessoas flagradas no local foram levadas para a Delegacia de Crime contra a Saúde Pública. Elas teriam assinado um termo circunstanciado e liberadas em seguida.

> Jovens filmam própria festa clandestina, viralizam e Guarda encerra aglomeração em Florianópolis

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) também participou da operação e publicou um vídeo nas redes sociais. As imagens mostram a chegada da força-tarefa no local, o momento em que Gabigol é colocado dentro de um carro e ainda revelam como era o ambiente interno do cassino.

Funcionários e proprietário serão responsabilizados

De acordo com Brotero, o responsável pelo cassino clandestino e os funcionários do estabelecimento devem responder por crime contra a saúde pública, jogo de azar e contravenção. Além de Gabigol, o cantor MC Gui também foi flagrado no evento. 

- Para mim, todos são iguais ali e devem ser responsabilizados na medida das suas condutas, na medida do que fizeram. Na verdade é que o que causa espanto é que, novamente no meio de uma situação da humanidade, dessa pandemia, com gente morrendo, falta de leito no hospital, alguns desfrutam da vida como se nada tivesse acontecido - disse o delegado.

O jogador do Flamengo foi flagrado na aglomeração um dia antes da reapresentação dos jogadores do elenco principal. Os atletas receberam um período maior de folga após o título do Campeonato Brasileiro e são esperados no CT Ninho do Urubu nesta segunda-feira (15).

Leia também

> SC tem todas as regiões em risco gravíssimo para coronavírus pela terceira semana seguida

> Variante britânica do coronavírus pode estar circulando em SC; casos são investigados

> SC tem 113 novas mortes por coronavírus e mais 4,4 mil casos confirmados

Colunistas