nsc
an

Aumento

Gasolina fica mais cara e custa até R$ 5,59 em Joinville; veja os preços

Pesquisa do Procon aponta reajustes nos preços de combustíveis e do gás de cozinha

12/08/2021 - 13h45 - Atualizada em: 12/08/2021 - 13h49

Compartilhe

Por Marcelo Henrique
tanque, gasolina
Gasolina comum é o combustível mais caro de Joinville
(Foto: )

A prefeitura de Joinville divulgou a pesquisa do Procon que revela o aumento do preço de combustíveis e do gás de cozinha em Joinville no mês de agosto. Chama atenção a alta no valor da gasolina comum, que passou a custar R$ 5,59 por litro, sofrendo um acréscimo de 2,03% em relação ao mês de julho, o maior reajuste de todos os combustíveis. A mais barata foi encontrada por R$ 5,31. O levantamento foi feito nos dias 9 e 10 de agosto, em 98 postos da cidade.

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Na gasolina aditivada, o menor preço foi de R$ 5,34 e o maior valor R$ 5,96. O custo do etanol variou de R$ 4,79 a R$ 5,49, e o do diesel de R$ 4,22 a R$ 5,06.

Reajuste no preço dos combustíveis em agosto:

- Gasolina comum: 2,03%

- Gasolina aditivida: 1,95%

- Etanol: 1,61%,

- Diesel: 0,11%

Valor do gás de cozinha em alta

O levantamento feito em 36 estabelecimentos de Joinville registrou os preços mais altos nos bairros Jardim Paraíso e Costa e Silva, custando R$ 105 o botijão na retirada do balcão, e R$ 125 com entrega em domicílio no bairro Costa e Silva.

Já entre os menores preços estão R$ 90 (retirada no balcão), nos bairros Paranaguamirim e Floresta, e R$ 100 (entrega em domicílio), nos bairros Jardim Iririú, Comasa, Espinheiros e Paranaguamirim.

> Assine a newsletter do A Notícia e receba os destaques da região no seu e-mail

Em comparação à pesquisa do mês de julho, os valores não sofreram grande alteração. O custo do botijão com retirada no balcão teve uma queda de 0,05%. Já na entrega em domicílio teve aumento de 0,52%.

No site da prefeitura de Joinville estão disponiveis as pesquisas completas de combustíveis e do gás de cozinha.

*Sob supervisão de Lucas Paraizo

Leia também:

Filha de mulher morta pelo marido em Joinville tentou impedir o crime

Comércio de SC recua 0,2% em junho, mas cresce 3,8% no semestre

Colunistas