Um gato-maracajá foi atropelado na SC-108, a Serra da Vila Itoupava, em Blumenau, nesta semana. Ele foi recolhido pela Furb na tarde desta segunda-feira (11), onde deve ser usado para pesquisas. O bicho, que é de uma espécie ameaçada de extinção, vai fazer parte de um trabalho de mestrado sobre gatos selvagens de um estudante da universidade.

Continua depois da publicidade

> Acesse para receber as notícias do Santa por WhatsApp

O gato-maracajá foi encontrado na beira da estrada, entre o asfalto e o mato, e com machucados na cabeça.

A bióloga Cintia Gruener, doutoranda da Universidade do Vale do Itajaí (Univali) que pesquisa esses felinos, explica que esse tipo de animal demanda grandes espaços para circular. Com a redução das florestas naturais, eles saem em busca de comida e se deparam com ruas e rodovias.

Cintia reforça a importância de que passagens de fauna sejam incluídas no planejamento urbano das cidades, principalmente em locais como Blumenau, em que existem muitos bichos na mata em volta do centro urbano.

Continua depois da publicidade

A bióloga comenta que é importante que esse tipo animal silvestre tenha o destino correto, como a universidade, onde pode ser usado em pesquisas. Neste caso, o gato-maracajá ficará na Furb. 

Gato-maracajá

O gato-maracajá (Leopardus wiedii) tem o pelo parecido com o da jaguatirica e é muito similar ao gato-do-mato-pequeno. A espécie tem olhos grandes e patas traseiras flexíveis.

Também chamado popularmente de gato-do-mato, a espécie é ameaçada de extinção. Ela tem como principais ameaças a diminuição das florestas, atropelamentos e abate por seres humanos. 

É comum que esses animais sejam caçados ou mortos por pessoas que tiveram animais domésticos atacados por eles.

Continua depois da publicidade

O que são passagens de fauna

As passagens de fauna, também conhecidas como “passa-fauna”, são estruturas que podem ser subterrâneas ou aéreas, planejadas para evitar que os bichos tenham que cruzar por estradas onde há movimentação de veículos.

> Vídeo flagra travessia de quatis na Velha-Garcia e gera alerta sobre cuidados com animais silvestres

Veja também: Gato-do-mato é capturado e solto em reserva florestal

* Sob supervisão de Bianca Bertoli

Leia também

Gansa passeia ao lado de dono pelas ruas de Itajaí e vira atração: “Bate 50 fotos por dia”

Continua depois da publicidade

Casal de Blumenau se muda com 26 cachorros para o Mato Grosso e história emociona

Cão de resgate dos bombeiros de Blumenau é homenageado com estátua em loja

Nova Prainha em Blumenau é alvo de vandalismo antes mesmo de ficar pronta

Destaques do NSC Total