Um grupo de voluntários de Criciúma foi até Canoas, no Rio Grande do Sul, com o objetivo de ajudar animais que foram resgatados durante as fortes chuvas no estado gaúcho. Por conta da lotação dos abrigos, eles retornaram com 16 gatos que, agora, estão em busca de novos lares.

Continua depois da publicidade

Entre na comunidade exclusiva de colunistas do NSC Total

Com a superlotação dos abrigos, faltam cuidadores e recursos suficientes para manter a saúde e o bem-estar dos felinos nesses espaços. Para se ter uma ideia, um deles chegou a ter 1,7 mil animais. Por isso, surgiu a necessidade de trazer os bichanos para outras cidades, como Criciúma.

Estudo sugere perda de “muitos postos de trabalho” no RS como efeito do caos das chuvas

— Fomos em três carros com o anseio de ajudar. Essa galera resgatamos do Núcleo de Bem-Estar Animal, onde atuam os profissionais da Grad Brasil. Os abrigos estão pedindo, principalmente, por lar temporário — conta a voluntária Syssa Scheffer.

Continua depois da publicidade

Os gatinhos resgatados, entre filhotes e adultos, estão sendo acolhidos na casa de Syssa até encontrarem um lar definitivo.

Como catarinenses podem doar mantimentos e produtos para vítimas das chuvas no RS

— Estamos selecionando muitos lares. Precisam ser lugares extremamente seguros. Se for apartamento, todo telado. Se for casa, precisa ter a garantia que o animal vai viver indoor — detalha Syssa.

Depois desse resgate, o grupo planeja voltar ao Rio Grande do Sul e trazer mais animais. Além disso, a força-tarefa vai atuar na limpeza dos abrigos que, segundo Syssa, é uma das maiores necessidades no momento.

Para saber mais sobre os gatinhos resgatados e colocados à adoção, os voluntários criaram o perfil @salveumgatocriciuma no Instagram.

Continua depois da publicidade

Veja fotos dos gatos resgatados disponíveis para adoção

Leia mais

Defesa Civil alerta para frio intenso, geadas e temperaturas abaixo de 0°C em SC

Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, deve ficar fechado até setembro

Destaques do NSC Total