nsc
    dc

    Colapso

    Governo do Amazonas enviou pedido de oxigênio ao Rio para e-mail errado

    Documento assinado pelo governador, Wilson Lima, citando a crise na saúde foi encaminhado no domingo (10)

    15/01/2021 - 10h42

    Compartilhe

    Redação
    Por Redação DC
    Sistema de saúde de Manaus entrou em colapso na quinta (14) por conta da pandemia de Covid-19
    Sistema de saúde de Manaus entrou em colapso na quinta (14) por conta da pandemia de Covid-19
    (Foto: )

    Na tentativa de evitar o colapso no sistema de saúde, o governo do Amazonas havia feito um pedido de oxigênio a todos os estados, no domingo (10). No entanto, o e-mail com a solicitação, obtido pelo G1, mostra que todos os destinatários do governo do Rio estavam errados. 

    > Venezuela diz que irá oferecer oxigênio ao Amazonas

    Assinado pelo governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), o documento cita a crise na saúde por conta da pandemia de Covid-19, com ocupação total de leitos de UTI, e pede, se possível, o envio de oxigênio.

    Email enviado pelo Amazonas ao RJ pedindo oxigênio
    Email enviado pelo Amazonas ao RJ pedindo oxigênio
    (Foto: )

    O e-mail foi enviado por Juarez Filho, assessor do Subcomando de Ações de Defesa Civil do estado, para três destinatários: 

    - Francisco Dornelles, ex-vice governador, atualmente sem cargo 

    - Dorita, ex-chefe de gabinete de Dornelles, atualmente sem cargo

    - E-mail de eventos da Vice-Governadoria do RJ

    Os dois primeiros remetentes não estão mais no governo desde 2018. Já o último e-mail é do setor responsável por organizar os eventos do vice-governador, mas o cargo está vago desde que Cláudio Castro (PSC) substituiu Wilson Witzel (PSC) como governador. Witzel foi afastado por denúncias de corrupção na saúde durante a pandemia.

    Conforme informações do G1, na segunda-feira (11), um dia depois do envio do e-mail, o cerimonial da vice-governadoria encaminhou o e-mail para o gabinete do governador, ressaltando o pedido de urgência, mas o governador em exercício do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PSC), só tomou conhecimento sobre o pedido do na noite de quinta-feira (14), quando ele ligou para Wilson Lima.

    > Pacientes do Amazonas são transferidos para outros estados em voos da FAB

    Em nota, o governo do Amazonas admitiu o equívoco: "O Comitê de Enfrentamento da Covid-19 do Estado enviou para um mailing desatualizado, erro que está sendo corrigido". 

    Na manhã desta sexta-feira (15), Cláudio Castro prestou solidariedade a Wilson Lima em uma rede social: 

    — A situação do Amazonas é desesperadora e sensibiliza a todos nós. Liguei ontem (quinta) para o governador Wilson Lima para prestar todo meu apoio e dialogar como o RJ pode colaborar. O momento é de união. A dor dessa pandemia atinge a todos nós e os estados precisam caminhar juntos.

    *Com informações do G1

    Leia também

    Renato Igor: O terror no Amazonas serve de alerta para Santa Catarina 

    Veja o Mapa do vírus em Santa Catarina

    Apenas oito cidades de SC não têm casos ativos de covid-19 

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas