nsc
    dc

    publicidade

    Multigrip apresenta:

    Gripe e resfriado: entenda a diferença e saiba como aliviar os sintomas 

    Apesar de serem diferentes, as duas doenças têm sintomas similares e um diagnóstico preciso requer atenção

    10/07/2019 - 16h23 - Atualizada em: 19/08/2019 - 14h29

    Compartilhe

    Estúdio
    Por Estúdio NSC
    Saiba como diferenciar gripe de resfriado
    Saiba como diferenciar gripe de resfriado
    (Foto: )

    Gripe e resfriado são duas doenças respiratórias muito comuns no inverno. Como elas têm sintomas parecidos, pode ser difícil identificá-las apenas observando as suas manifestações no corpo. De forma geral, a gripe é mais grave do que o resfriado e os sintomas são mais intensos. É raro um resfriado evoluir para um condição de saúde séria como uma pneumonia ou infecção bacteriana, por exemplo. Já na gripe, essas complicações podem acontecer e, inclusive, levar a uma hospitalização.

    Existem mais de 200 tipos de vírus que podem causar resfriados. O contágio ocorre pela boca, olhos ou nariz – seja pelo ar, seja pelo contato físico. Nesse cenário, crianças e idosos são os grupos que têm mais riscos de contraírem a doença.

    No caso da gripe, a doença é causada pelo vírus influenza, que afeta as vias respiratórias e tem transmissão por inalação de partículas contaminadas que ficam no ar. Depois do contato com o vírus, o sintomas costumam se manifestar entre três e quatro dias.

    Como diferenciar gripe de resfriado?

    Já que as duas condições compartilham muitos dos sintomas, pode ser difícil diferenciá-las. Mas alguns exames laboratoriais podem diagnosticar o quadro de forma precisa, desde que feitos nos primeiros dias da doença.

    Para o paciente, é importante ficar atento aos sinais a seguir:

    Sintomas de gripe e resfriado
    Sintomas
    (Foto: )

    Resfriado comum: como aliviar os sintomas?

    Não há nenhum remédio que cure o resfriado, apenas que aliviam os sintomas e desconfortos. Analgésicos e antitérmicos como paracetamol e dipirona podem ajudar no alívio da febre e dor. Mas, de acordo com a Dra. Ana Cristina Vidor, médica e gerente de Vigilância Epidemiológica de Florianópolis, medicamentos com ácido acetilsalicílico (AAS) devem ser evitados. Além disso, ela recomenda hidratação, alimentação adequada e repouso para uma boa recuperação.

    – A principal medida é a hidratação. A pessoa pode se hidratar com o líquido de preferência, desde que seja chá ou água. Sucos e leites não devem ser usados para hidratação, já que servem como alimentos. Outra dica é irrigar o nariz com soro fisiológico, o que ajuda a diminuir muco e tosse. Vale para criança, adulto e idoso e não tem contraindicação. Caso seja preciso algum antitérmico, é necessário que seja sem salicilato e sem propriedades anti-inflamatórias. Na dúvida, sempre procure um farmacêutico quando não for feita a consulta com o médico — explica a especialista em epidemiologia.

    Além disso, é sempre importante procurar uma unidade de saúde caso os sintomas não desapareçam depois de dois dias. Se houver dificuldade em respirar, um médico deve ser consultado imediatamente.

    Dicas para evitar contágio de gripe e resfriados

    A Vigilância Epidemiológica de Florianópolis reforça alguns cuidados básicos que devem ser incluídos na rotina para evitar contágios respiratórios, principalmente nessa época do ano. São eles:

    --> Utilizar lenço descartável para higiene nasal;

    --> Lavar as mãos várias vezes ao dia;

    --> Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir, caso não tenha lenço, proteja com o antebraço evitado as mãos que são importantes veículos de contaminação;

    --> Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de gripe e resfriado;

    --> Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

    --> Evitar sair de casa em período de transmissão da doença;

    --> Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;

    --> Evitar aglomerações e ambientes fechados (procurar manter os ambientes ventilados);

    --> Manter os ambientes bem ventilados;

    --> Adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos;

    --> Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.

    O Multisaúde é um canal de conteúdos no NSC Total sobre saúde no inverno em Santa Catarina. Nele você encontra informações sobre prevenção, tratamento e alívio dos sintomas causados por gripes e resfriados. Clique aqui e confira!

    (Foto: )

    Conteúdo patrocinado pelo MultiGrip e produzido pelo Estúdio NSC Branded Content

    Deixe seu comentário:

    publicidade

    publicidade

    publicidade

    publicidade