nsc
hora_de_sc

Polêmica

Gusttavo Lima diz que não fará mais lives para não ser censurado

Sertanejo criticou ações contra lives pelo Twitter

16/04/2020 - 12h22 - Atualizada em: 16/04/2020 - 12h46

Compartilhe

Por Carolina Marasco
Gusttavo Lima foi criticado por consumo de bebidas nas lives
Gusttavo Lima foi criticado por consumo de bebidas nas lives
(Foto: )

O cantor sertanejo Gusttavo Lima utilizou as redes sociais nesta quinta-feira (16) para comentar as críticas que recebeu após as lives pelo Youtube na quarentena pelo novo coronavírus. Após ingerir diversas bebidas alcóolicas nas transmissões, o Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) abriu uma representação ética contra ações publicitárias nos shows. Pelo Twitter, o sertanejo disse que após as ações não fará mais lives "para não ser censurado".

Em site especial, saiba tudo sobre o novo coronavírus

Como defesa às acusações, Gusttavo lima ainda disse que realizou os shows com o objetivo de ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade com a atual situação da pandemia de covid-19. "Juntos, ajudamos muitas pessoas. Foram toneladas de alimentos e arredações... Fizemos nosso papel, Deus abençoe a todos!", postou o sertanejo após as críticas.

A representação foi aberta a partir de denúncias recebidas de dezenas de consumidores, que consideraram que as ações publicitárias realizadas pelo cantor durante as lives não obedeciam cuidados recomendados pelo Código Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária para a publicidade de bebidas alcoólicas.

Durante as apresentações, que duraram mais de 5h, o sertanejo ficou visivelmente embriagado. A denúncia cita a falta de mecanismo de restrição de acesso ao conteúdo das lives a menores de idade e a repetida apresentação de ingestão de cerveja, em potencial estímulo ao consumo irresponsável do produto.

Ambev e Gusttavo Lima têm prazo regimental para enviar defesa ou adaptarem de imediato o conteúdo publicitário das lives às regras éticas.

Lives tem recordes de audiência

A cantora Marília Mendonça realizou a live mais assistida do mundo com mais de 3 horas no dia 8 de abril cantando os sucessos de sua carreira. Com transmissão feita pelo YouTube, a live atingiu 3,2 milhões de espectadores simultâneos em menos de 1h de show. Com esse número a cantora superou o recorde anterior da dupla Jorge & Mateus com live que atingiu 3,1 milhões espectadores. ​

O recorde antes da dupla Jorge e Mateus foi conquistado por Gusttavo Lima, em live também promovida em meio a pandemia de covid-19. O recorde da apresentação chamada de “Buteco em casa” ultrapassou a então live mais assistida do mundo, de Beyoncé. O cantor sertanejo brasileiro ainda surpreendeu por ter ficado 5 horas ao vivo e fica um pouco embriago na transmissão que contou com uma superestrutura na casa do artista.

Colunistas