nsc
hora_de_sc

Internet

Hashtags surgiram há mais de 10 anos na internet; conheça a origem

A primeira hashtag da história foi publicada no Twitter em 23 de agosto de 2007

27/08/2021 - 13h57

Compartilhe

Marina
Por Marina Martini Lopes
hashtags
Os mais de 328 milhões de usuários do Twitter compartilham cerca de 125 milhões de hashtags por dia
(Foto: )

Usar hashtags para categorizar informações na internet já é tão natural que o símbolo # virou praticamente um sinônimo de "assunto" ou "categoria" - e é até difícil lembrar de quando ele não tinha essa conotação, e as hashtags simplesmente não existiam. Mas a última segunda-feira marcou o aniversário das hashtags: a primeira delas foi usada no Twitter em 23 de agosto de 2007, há 14 anos.

> Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

O Twitter foi criado em 2006, e, nos primeiros meses de funcionamento da rede social, os usuários frequentemente pediam maneiras de agrupar os posts e organizar informações de uma maneira intituitiva e fácil de encontrar - lembrando que, na época, não era possível organizar as "threads", em que vários tweets sobre um mesmo assunto ficam agrupados um com o outro, e que hoje são populares na rede.

Em 23 de agosto de 2007, então, um blogueiro e pesquisador norte-americano chamado Chris Messina twittou uma ideia: "O que vocês acham de usarmos # para organizar grupos; como em #barcamp?", escreveu. #barcamp, a primeira hashtag, se referia a uma série de conferências internacionais online sobre tecnologia. Messina fez a proposta depois de estudar como funcionavam as tags no site de hospedagem de fotos Flickr.

> Rock In Rio: organização divulga preços e data de venda de ingressos

Hoje, a página sobre Messina na Wikipédia o credita como "inventor da hashtag" - mas a ideia demorou um pouco para pegar. Em outubro de 2007, porém, uma série de incêndios assolou o sul da Califórnia, nos Estados Unidos, destruindo casas e queimando milhões de acres de terra.

Messina percebeu que Nate Ritter, um morador de San Diego, estava usando o Twitter para postar informações sobre os incêndios; e o contatou, incentivando que ele usasse a hashtag #sandiegowildfire para organizar os posts e fazê-los alcançar uma audiência maior. A partir das publicações de Ritter, outros usuários que comentavam os incêndios também adotaram a hashtag; e, com ela, o assunto se espalhou internacionalmente pelo Twitter.

> Especial Nos Trilhos do Blues: as origens e os subgêneros de um dos estilos mais influentes da música

No início, especialistas do meio foram céticos: Evan Williams, co-fundador do Twitter, achava que as hashtags pareciam "nerd demais" para se tornar populares. Hoje, porém, segundo o Yahoo News, os mais de 328 milhões de usuários da rede social compartilham cerca de 125 milhões de hashtags por dia - e o Twitter agora se refere a 23 de agosto como #HashtagDay.

Leia também:

> Princesas da Disney inspiram coleção de vestidos de noiva lançada no Brasil

> Homem fotografado como bebê na capa de Nevermind processa Nirvana por "pornografia infantil"

> Segunda edição do Sesc Geek tem workshops, concurso de cosplay e bate-papo com dubladores

Colunistas