nsc
dc

Feminicídio

Homem confessa ter matado namorada e jogado corpo em rio de SC, diz polícia

Mulher estava desaparecida há seis dias; segundo a Polícia Civil, ele a asfixiou e jogou o corpo no Rio Uruguai

08/12/2021 - 16h33 - Atualizada em: 08/12/2021 - 16h51

Compartilhe

Diane
Por Diane Bikel
A Polícia Civil está a procura do corpo
A Polícia Civil está a procura do corpo
(Foto: )

Um homem confessou, na manhã desta quarta-feira (8), ter matado a namorada em Concórdia, no Oeste de Santa Catarina, e jogado o corpo no rio Uruguai. Ela estava desaparecida há seis dias. De acordo com informações da Polícia Civil, ele afirmou que a asfixiou com uma cinta antes de soltar o corpo na água. A vítima foi identificada como Roseli Fatima Stoll.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Roseli foi jogada nas proximidades da SC-469, cerca de 30km de Concórdia, conforme o que teria confessado o homem à polícia. O caso é tratado como feminicídio.

O namorado já seria o principal suspeito, segundo a investigação. Ele estava foragido e teria passado por Florianópolis e Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul. Na noite de terça-feira (7), ele foi abordado pela Polícia Militar em Antônio Prado, no Estado gaúcho, após fugir de uma abordagem policial. 

> Casa pega fogo com mulher e dois filhos dentro em SC; pai é o principal suspeito

> Idoso que trancou companheira em casa e a matou a tiros em SC tem prisão preventiva decretada

O homem teria informado a polícia que amarrou uma pedra no corpo da namorada para evitar que flutuasse no rio. A mulher teria sido vista pela última vez saindo do trabalho, segundo informações da Polícia Militar. 

As equipes de segurança estão à procura do corpo. A investigação está em andamento. 

*Sob supervisão de Lucas Paraizo.

Leia também

Família se despede das crianças de Balneário Camboriú mortas em rodovia de SC

Acusada de matar grávida em Canelinha admite que "estudou" como tirar bebê​

Morador flagra cobra ‘pescando’ em Jaraguá do Sul; veja vídeo

Colunistas