O Hospital Santa Isabel, em Blumenau, entrou para o ranking de unidades com maior número de procedimentos relacionados ao transplante de fígado no Brasil em 2022. Só no ano passado, a instituição catarinense foi responsável por ajudar 96 pessoas a receberem o órgão e se tornou a quarta unidade hospitalar do país que mais atuou nesse tipo de procedimento, conforme dados da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos do Brasil (ABTO).

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

Ainda em 2022, a instituição registrou um aumento no número de transplantes em comparação aos anos anteriores. No total, 284 procedimentos foram feitos no Hospital Santa Isabel, sendo que 164 deles estavam relacionados apenas a transferência de rins. Outros transplantes envolveram coração, córnea, pâncreas e fígado.

Leia também: Quem é o premiado médico de SC que levou o Estado à liderança na doação de órgãos

Em 2020, por exemplo, a unidade havia conseguido atingir a marca de 200 transferências de órgãos e, no ano seguinte, saltou para 273 procedimentos apenas desse gênero. O aumento, segundo o hospital, se deve à diminuição dos casos de Covid-19, já que os transplantes só podem ocorrer após o doador apresentar resultado negativo para a doença.

Continua depois da publicidade

Confira: SC tem mais de mil pessoas esperando doação de órgãos

Além disso, a unidade também é referência nacional no segmento. Desde a década de 1980, a instituição de Blumenau já oferece procedimentos relacionados a transferência de rins e, a partir de 2000, passou a desenvolver transplantes de córnea, coração, fígado, pâncreas e pâncreas-rim conjugado.

Foi no ano de 2016 que a unidade alcançou a marca de mil transplantes de fígado desde que esses procedimentos começaram a ocorrer e se tornou, na época, o local com maior número de procedimentos desse tipo no Brasil.

No ano seguinte, a unidade também foi reconhecida como o melhor Hospital Transplantador de Santa Catarina e, mais tarde, em 2019, recebeu ainda o mérito de instituição que obteve o resultado mais positivo em relação ao transplante de órgãos no Estado.

Veja: SC retoma liderança de transplantes no país, mas tenta recuperar ritmo pré-pandemia

Estagiária sob supervisão de Augusto Ittner*

Leia também:

VÍDEO: Médico agride guarda-vidas em Itapema e duas socorristas denunciam assédio

Empresário de Blumenau do ramo de armas é investigado por patrocinar atos golpistas

Destaques do NSC Total