Foram identificadas as vítimas do acidente do avião da Academia da Força Aérea (AFA), que estava desaparecido em Santa Catarina e foi encontrado no início da tarde deste sábado (5). O cadete Sérgio Branquinho Júnior, de Ribeirão Preto (SP), e o capitão Rodrigo Alves da Silva, de Japeri (RJ), estavam fazendo um voo de instrução e morreram no local. As informações são do g1.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

A aeronave foi encontrada na localidade de Rolador, em Canelinha. Equipes da Força Aérea Brasileira (FAB) foram acionadas para acompanhar a retirada dos corpos. De acordo com a prefeitura de Canelinha, a aeronave estava totalmente destruída.

O comandante Diogo Bahia Losso, piloto do Arcanjo do CBMSC, disse que o modelo do avião é um T-25, tipo de aeronave utilizada para instrução da força aérea. Ele pertence à Academia da Força Aérea de Pirassununga, de São Paulo.

Em nota, a Força Aérea Brasileira (FAB) expressou condolências e ressaltou que vai investigar o acidente.

Continua depois da publicidade

Vítimas

Segundo informações apuradas pelo g1 e pela EPTV, no interior de São Paulo, o cadete Sérgio Branquinho Júnior tinha 22 anos e estava no quarto ano da Academia da Força Aérea. No dia do acidente, ele fazia um treinamento de voo. 

Em nota, a Prefeitura de Ribeirão Preto, onde o pai de Sérgio trabalha, lamentou a morte. “Com profundo pesar que recebemos hoje a notícia do falecimento do filho do engenheiro Sérgio Branquinho, Sérgio Branquinho Junior. Funcionário há quase 30 anos da prefeitura, Sérgio se orgulhava do filho, que cursava o quarto ano na Academia da Força Aérea Brasileira e estava próximo da formatura”, comunicou.

Fã quer tatuar rosto de Marília Mendonça um ano após a morte da cantora; veja outras homenagens

A outra vítima, o capitão Rodrigo Alves da Silva, era amigo de Sérgio. Em nota, a prefeita de Japeri (RJ), terra natal do capitão, Fernanda Ontiveros, lamentou a morte de Rodrigo.

Marília Mendonça: O que se sabe sobre o acidente um ano depois

“Com imenso pesar que recebo a notícia do falecimento do Capitão Rodrigo Alves da Silva, da Força Aérea Brasileira. Capitão Rodrigo era filho de nossa cidade, foi aluno da E.M. Ary Schiavo e grande orgulho para sua família e amigos de Japeri. Infelizmente, o avião da força aérea que ele pilotava em companhia de outro militar, desapareceu na tarde de ontem em Santa Catarina. O avião foi localizado na tarde de hoje e foram confirmadas as duas mortes. Meus profundos sentimentos à família e amigos do Capitão Rodrigo neste momento tão triste!”, escreveu no Facebook.

Continua depois da publicidade

Veja nota da Força Aérea Brasileira (FAB) na íntegra

A Força Aérea Brasileira (FAB) lamenta informar o falecimento dos dois militares que estavam a bordo da aeronave T-25 Universal da Academia da Força Aérea (AFA) – acidentada na tarde desta sexta-feira (04/11) em Santa Catarina e localizada no final da manhã de sábado (05/11). Os tripulantes realizavam um voo de treinamento.

O Comando da Aeronáutica expressa suas condolências e ressalta que está prestando todo o apoio aos familiares neste momento de pesar. Também informa que investigará o acidente.

Brasília, 05 de novembro de 2022.

Centro de Comunicação Social da Aeronáutica

Destaques do NSC Total